Colunistas

A polêmica da exposição Queermuseu

Os dois lados sobre a exposição no espaço Santander, em Porto Alegre


Começo de conversa
O Rio Grande do Sul acompanhou desde o final de semana uma grande polêmica relacionada a uma exposição no Santander Cultural, em Porto Alegre. Após críticas em redes sociais, o grupo espanhol decidiu cancelar as atividades. Ouvimos para dois pontos de vista, abaixo assinados:


Ponto & contraponto
Professor Dr. em História, Mateus Dalmáz:
O conteúdo da exposição "Queermuseu" é a diversidade da representação simbólica da cultura com uma abordagem pós-estruturalista. Suscita um bom debate a respeito de cultura visual, estudos visuais, história da arte e temas contemporâneos da sociedade. A censura defendida pelo MBL é fruto de uma visão conservadora e retrógrada, contraditória à filosofia liberal proposta pelo movimento.

Via assessoria do deputado estadual Marcel Van Hattem:
Quase R$ 1 milhão, via Lei Rouanet para essa aberração promovida pelo banco Santander. Mais um motivo por que um Estado gigantesco, que decide inclusive o que é cultura e o que não é, é totalmente imoral. Para agravar, um banco privado, capitalista, que embarca na canoa furada do discurso totalitário e preconceituoso da esquerda. Pedir desculpas está muito longe de ser suficiente. Se eu tivesse conta, encerrava na segunda mesmo. E, como deputado, vou cobrar a devolução de cada centavo e que o Ministério Público apure e puna os culpados.

Atualíssimo
O estadista Osvaldo Aranha, ao examinar o panorama político na década de 1930, definiu: "É um deserto de homens e ideias".

Papo de Café
Nome: Cristhian Wassem
Naturalidade: Santa Clara do Sul
Profissão: Estudante
Time do coração: Grêmio
Gostaria de tomar um café com Paulo Freire
Política é... A arte de governar e o poder de decidir os rumos de um país.

Duas perguntas para:
Leonardo Augusto Finkler, 16 anos, santa-cruzense.

1) Desde quando está praticando ciclismo?
Estou praticando o ciclismo desde 2010, quando comecei a pedalar de mountain bike com o grupo Santaciclismo.

2) Quais os maiores desafios e quais competições internacionais estará participando?
Este ano tive a oportunidade de competir em diversas provas de alto nível na Espanha e na França, o campeonato panamericano e estarei competindo o Mundial, na Noruega, também. Obtive diversos resultados expressivos, entre eles, campeão Panamericano, campeão da 1ª etapa da Copa Espanha e campeão da volta ciclista Comarca Rio Mula. Os maiores desafios são treinar quase todos os dias e cuidar de detalhes que fazem toda a diferença no desempenho, como o sono e a alimentação.

 


Gusttavo Arossi

Comentários

VEJA TAMBÉM...