Colunistas

O anticandidato

Frank


"Entendam que a democracia não exige uniformidade. Nossos fundadores brigaram, fizeram concessões e esperaram que fizéssemos o mesmo. Mas eles sabiam que a democracia exige, sim, um senso básico de solidariedade - a ideia de que, não obstante todas nossas diferenças externas, estamos nesta juntos; que nos elevamos ou tombamos com um só." - Barack Obama

 

O prefixo anti é de origem grega e significa uma oposição, uma ação contrária, sendo sinônimo de contra.
Etimologicamente, a palavra "antipatia" tem origem a partir do grego antipathéia, formada pela junção dos termos anti (contra) e pathéia (afeição), ou seja, é um substantivo que dá nome ao oposto da afeição.
A psicologia classifica a antipatia em vários níveis, desde os mais superficiais até os de total repulsa, provocando sensações de desconforto e raiva no indivíduo.
Faltando pouco mais de uma semana para a definição eleitoral, com a guerra entre petistas e antipetistas no seu pior momento, muitos já se debruçam sobre o fenômeno Bolsonaro.
De que forma um deputado apagado, que se expressa mal, sem um partido forte e praticamente sem tempo de televisão ou recursos se tornou a figura que vai substituir Lula no imaginário popular?
Muitos dirão que afirmar isso é uma heresia, mas observem as imagens de multidões pelo país recebendo o ex-capitão e entenderão do que falo.
Mas voltando ao assunto, a resposta a pergunta acima é antipetismo. Ou seja, antipatia ao petismo, seus líderes e sua visão de país e de mundo.
Obviamente esse sentimento não veio de graça. Faz alguns anos havia simpatia de boa parte da população ao PT, ao petismo e principalmente a Lula. Cunhou-se até a expressão lulopetismo, que colocava o líder num patamar igual ou superior ao coletivo, o partido.
Mas o tempo passou, a economia desmoronou e o petismo decepcionou muita gente. Primeiro pela teimosia em colocar o discurso, a ideologia, acima do mundo real. Segundo por não entregar o que prometia quando chegava ao governo de cidades, estados e depois ao comandar a nação. E, ultimamente, pela hipocrisia com que atacava os crimes e falhas de outros, mas não reconhecia os seus.
Em 2005, no auge do mensalão, o PT já provocava ódios mortais nos seus aliados, mas Lula sempre se salvava desses sentimentos. Foi assim com Roberto Jefferson, que atacou José Dirceu, mas poupou Lula:
"Vossa excelência desperta em mim os instintos mais primitivos."
Treze irônicos anos depois e a melhor explicação para o crescente antipetismo que catapultou Jair Bolsonaro a maioria dos votos nas últimas pesquisas foi dado pelo aliado Cid Gomes, senador eleito e irmão do candidato derrotado à presidência Ciro Gomes:
"Mas se quiser dar um exemplo pro-país (se referindo ao PT), tem que fazer um mea culpa, tem que pedir desculpas, tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira (...) Não admitir os erros que cometeram é pra perder a eleição. E é bem feito. Pois vão, vão, vão e vão perder feio. Vão perder feio! Porque fizeram muita besteira, porque aparelharam as repartições públicas, porque acharam que eram donos de um país e o Brasil não aceita ter dono."
Nem mesmo o antes inimputável Lula escapou da fúria do aliado:
"Lula o quê? Lula está preso, babaca. O Lula está preso, o Lula está preso, e vai fazer o quê? Deixa de ser babaca, rapaz, tu já perdeu a eleição."
Depois continuou pedindo mais um esforço aos pedetistas cearenses presentes no comício:
"Engulam, façam mais um sacrifício. Nunca mereceram. Nunca deram nada em troca. Agora, faltando quatro meses para a eleição, eu convidei a Dilma para ser candidata a senadora no Ceará e o Lula impediu que ela viesse porque queria que o Eunício fosse eleito aqui no Ceará. O Lula! O Lula!"
Para terminar, Cid ainda explicou de onde surgiu o fenômeno Bolsonaro e sua estrondosa votação:
"Quem criou o Bolsonaro foram essas figuras. Quem criou o Bolsonaro foram essas figuras que acham que são donas da verdade, que acham que podem fazer tudo, que acham que os fins justificam os meios."
Poucas vezes no Brasil um ato político foi tão sincero.


Marcos Frank

Comments

SEE ALSO ...