Colunistas

Para o próximo ano eu quero noticiar...

Que a economia brasileira volte a crescer, com muita geração de emprego e que o combustível e o gás de cozinha tenham redução de preços


Que o povo brasileiro terá boas e novas opções de escolha na hora de votar. E que os eleitos assumirão seus cargos para fazer pelo coletivo e não pensando em si. Quero poder noticiar que todos os corruptos serão condenados e pagarão pelos atos que cometeram sem serem beneficiados por indulto de Natal ou por decisões de juízes do STF. Que os servidores recebam seus salários em dia e que as obras públicas possam ser feitas sem o pagamento de propina ou superfaturadas.
Que a economia brasileira volte a crescer, com muita geração de emprego e que o combustível e o gás de cozinha tenham redução de preços. Quero noticiar que os produtores sejam valorizados e tenham condições de trabalhar e obter bons lucros nas safras.
Quero muito poder divulgar que os índices de pobreza sofrerão reduções drásticas e que as famílias terão condições de se alimentar, ter local digno para morar, com acesso à saúde, educação e lazer.
Gostaria de poder publicar que os índices de criminalidade caíram e que está mais seguro andar pelas ruas. Que os assaltos a bancos zeraram e os acidentes com mortes também.
Como seria bom se eu puder postar que os conflitos pelo mundo chegaram ao fim e que os milhões de moradores de países em guerras civis, enfim, terão paz e condições dignas de vida.
Como sonho em poder dar notícias boas, positivas, agradáveis. E que as pessoas fossem mais tolerantes, amigas, sinceras, respeitosas e amáveis.
Sendo assim, para o próximo ano vou definir somente uma meta: poder ser porta-voz de coisas boas para todos. Este é meu desejo.
Para meus leitores, desejo um feliz 2018 com muitas realizações e boas escolhas.

Ajustes
Com planejamento e muita habilidade o secretário da Fazenda de Estrela, Henrique Lagemann, consegue fechar o ano com a quitação dos salários dos servidores efetivos. Foram necessárias manobras de última hora tendo em vista que o Governo Federal não depositou a AFM - Ajuda Financeira aos Municípios dentro das datas previstas. Os agentes políticos e CCs receberão na semana que vem. Lagemann tem sido o "guardião" financeiro da Prefeitura e tem o aval do prefeito para frear gastos, mesmo sabendo que isto é um tanto complicado no setor público.


Com grana
A Prefeitura de Teutônia fecha o ano com superávit de mais de R$ 3 milhões. Em Lajeado, o 2018 começa com R$ 23 milhões em caixa.


São 17
Em 2018 teremos eleição e no Vale do Taquari são pelo menos 17 os nomes lembrados para concorrer a deputado. Enio Bacci deve buscar reeleição à Assembleia pelo PDT, que ainda pode lançar Renato Worm como Federal; o mesmo vale para Edson Brum, do MDB, que ainda terá Sidinei Eckerdt, Márcia Scherer e Carlos Ranzi (um deles pode ir à Federal) como possíveis candidatos; Vilsinho Jacques pode disputar uma vaga pelo PTB; Douglas Sandri pelo Novo; Valmor Griebeler pelo PV; Mariela Portz e Henrique Lagemann pelo PSDB; Gláucia Schumacher, Isidoro Fornari e Mareli Vogel pelo PP; Sérgio Kniphoff, Schmidt e Maneco pelo PT; Reginaldo Moraes pelo DEM. Uns desistirão, outros poderão surgir. Vamos aguardar e conferir quantos serão os eleitos.


Visita

Deputado federal Onyx Lorenzoni e assessor Felipe Diehl receberam no gabinete parlamentar o presidente do Democratas de Teutônia Daniel dos Santos acompanhado pelo pré-candidato a deputado estadual pelo Vale do Taquari Reginaldo Morais. Na ocasião, Daniel e Reginaldo entregaram um relatório com sugestões de programa de governo estadual e federal na área de segurança. Onyx é coordenador da pré-campanha presidencial de Jair Messias Bolsonaro e convidou Reginaldo, que é especialista na área de segurança, para ajudar na pré-campanha de Bolsonaro na região dos Vales. 

De bicicleta
O vereador Ildo Salvi (Rede) atravessou a ponte do Saraquá de bicicleta logo após a inauguração. Salvi é adepto ao esporte. Além de ciclista por opção, é carateca. A foto registra o momento em que Salvi deu a primeira pedalada na ponte. 


Na foto
Governador Sartori foi solicito e atendeu a todos que queriam tirar foto com ele. Os primeiros a fotografar foram as lideranças do PMDB, entre eles o deputado Edson Brum e os vereadores Éder Spohr e Waldir Blau. Depois foi para o outro lado e atendeu o pessoal do PP, entre eles o prefeito Marcelo Caumo. 

Padrinhos
O difícil será saber quantos padrinhos tem a nova ponte do Saraquá. Cada político presente a inauguração tinha uma "história" para contar sobre a conquista desta obra. O importante não é identificar o autor da obra e sim, que ela é de muita utilidade. Méritos ao governo que começou e terminou a construção. Também merece citação o prefeito de Lajeado Marcelo Caumo por dar a contrapartida do município.

Pensando bem, 2018 está logo ali. Torne este ano novo o melhor de suas vidas. Eu volto com a Coluna do Fabiano em fevereiro, logo após um período de férias.

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...