Colunistas

Shakespeare revisitado parte 2

"Chorar sobre as desgraças passadas é a maneira mais segura de atrair outras."


"Chorar sobre as desgraças passadas é a maneira mais segura de atrair outras."
William Shakespeare (1564-1616)

Quem sai de um banquete com o apetite que ao sentar-se tinha?
Assim somos também com nossos desejos. Colocamos uma energia enorme para conquistar poder, bens materiais ou mesmo amores para depois do objetivo alcançado, logo ver-se esvair o rápido gozo. Mais do que o topo da montanha é o caminho que até lá leva que mais prazer nos dá.


Ingratidão, demônio de coração de mármore...
Como são gentis os homens quando precisam de um favor. A voz se modifica, o corpo se altera e prometem tudo repor ou na mesma moeda pagar assim que for solicitado. Triste ilusão, a natureza humana secretamente odeia à aqueles que a sorte premiou em ter mais do que necessitam... e logo passam a ser odiados por aqueles a quem o bem fizeram.


Uns sobre pelos crimes, outros caem pela virtude. Alguns impunemente vivem sempre sempre, nos vícios atolados; outros por uma falta são julgados.
"Oh mundo tão desigual". Tão injusto. E por isso mesmo tão humano. Como a sociedade com suas instituições é uma criação dos homens, nada mais justo que herde de seus criadores a imperfeição.


Ouve opiniões, mas forma juízo próprio:
Todos os homens são suscetíveis a opinião alheia. Tal fato ocorre porque necessitam de aprovação de seus pares, sem a qual se sentem inseguros e solitários. Sábio quem sabe ouvir os dois lados da questão para então formar sua opinião.


Às vezes está em nós a medicina que em vão ao céu pedimos.
Chama-se psicossomática a parte da medicina que estuda as relações entre mente e corpo. Desde os antigos sabemos o quanto a tristeza e as frustrações nos fazem mal. Conhecer-se melhor, a velha máxima dos gregos, ajuda a tratar a maior parte das doenças que localizam-se muito mais no imaginário que no real. Por isso pobre e estulto é o médico que não sabe ler a alma de seus pacientes.


A sabedoria e a ignorância se transmitem como doenças; daí a necessidade de se saber escolher as companhias:
Evite os pobres de espírito, os invejosos, os coléricos e os mentirosos. Afaste-se dos falsos e dos aduladores. Afinal ,destruir o trabalho e a reputação alheia, dão tanto trabalho quanto tentar fazer o melhor de si. Os verdadeiros sábios aprendem com seus próprios erros e não tem medo de ensinar o que tão duramente aprenderam. Lembre-se sempre do ditado árabe que afirma: "quem dorme com cachorros, amanhece com pulgas".


Preciso ser cruel para ser bom:
É impossível melhorar o comportamento humano sem dizer algumas verdades. O que hoje pode te parecer cruel, no futuro entenderás como o chacoalhão que precisava para te transformar num ser melhor. Muitas das coisas que doem são também as que nos curam. Não se faz um parto entre risos.

 


Marcos Frank

Comentários

VEJA TAMBÉM...