Economia

10,6 milhões de trabalhadores já sacaram FGTS

Já foram resgatados mais de R$ 16,8 bilhões das contas inativas; a quantia corresponde a 92,63% do previsto

Créditos: Portal Brasil
- divulgação

Brasília - Um total de R$ 16.855.693.880,43 em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi liberado pela Caixa Econômica Federal nos quatro últimos meses. A quantia corresponde a 92,63% do previsto para as duas primeiras fases do programa. Na sexta-feira (12), o terceiro lote de resgastes foi liberado aos trabalhadores.

Ao todo, 10.674.261 trabalhadores sacaram os recursos do Fundo, de acordo com o último balanço de pagamentos realizado pela Caixa. Dos valores sacados nestes primeiros dois meses, a maior movimentação foi registrada nos caixas em agências bancárias, R$ 7.834.617.433,64. 

Em quantidade de pagamentos, porém, o maior número foi registrado no crédito automático em contas na Caixa: 4.485.404 trabalhadores não precisaram ir às agências, pois receberam no primeiro dia de abertura do calendário nas contas pessoais, um total de R$ 5.887.432.991,55.

Saques em terminais de autoatendimento representaram 10,9%, equivalente a R$ 1.835.361.626,00, enquanto os canais correspondentes lotéricos e Caixa Aqui corresponderam a 7,7% dos saques, ou R$ 1.298.281.829,24.

Na região Sudeste, que possui o maior número de trabalhadores, foram pagos R$ 10,65 bilhões (63,2%), sendo que R$ 7,13 bilhões apenas no estado de São Paulo. Em seguida, vem a região Sul com 18,6%, a Nordeste que registrou 8,1%, a Centro-Oeste 7,2% e a Norte com 2,8% do total contabilizado até 10 de maio.


Terceira fase
A terceira etapa dos pagamentos das contas inativas começou na sexta-feira (12). Os saldos dos nascidos em junho, julho e agosto estão disponíveis. Todas as agências da Caixa funcionam até terça-feira (16) com horário estendido. Na maior parte do país, as agências abrirão duas horas mais cedo. Nas localidades em que o horário de funcionamento é a partir das 9h, os bancos abrirão às 8 horas e fecham uma hora mais tarde.

Para dar mais conforto aos trabalhadores, mais de 2,1 mil agências selecionadas abriram neste sábado (13), das 9h às 15h. Todos os trabalhadores que têm saldo em contas inativas com data de finalização do contrato de trabalho até 31/12/2015 podem sacar suas verbas até o dia 31 de julho de 2017. Os valores não sacados dentro deste prazo permanecerão nas contas do FGTS e só poderão ser resgatados nos casos previstos na legislação.

O cronograma ainda prevê mais duas fases de pagamento. A partir de 16 de junho, será a vez dos trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro terem acesso ao saldo das contas inativas. A última fase de pagamento, para os nascidos em dezembro, começa em 14 de julho.

Comments

SEE ALSO ...