Economia

Black Friday começa mais cedo

Lojas no Centro de Lajeado já anunciam e aplicam os descontos

Créditos: Luciane Eschberger Ferreira
Equipes de vendas colocam cartazes com as principais ofertas - Lidiane Mallmann

Lajeado - Oficialmente, a Black Friday é no dia 23, mas em Lajeado muitos comerciantes já colocaram produtos em oferta e enfeitaram as vitrines com balões e faixas anunciando as promoções. Realizada na sexta-feira, sempre depois da quarta quinta-feira do mês de novembro, a campanha, que começou nos Estados Unidos, virou tradição também no Brasil. A intenção é antecipar as compras de Natal com preços mais acessíveis. Conforme a gerente de uma loja de confecção e calçados, Katia Hammes, os produtos com descontos, que vão de 40% a 70%, já estão à disposição dos consumidores. Ela relata que muitos clientes aproveitam a Black Friday para antecipar as compras de Natal. "São peças atuais, da coleção verão", destaca Katia.

Na loja de móveis e eletros gerenciada por Carlos Furlanetto, as TVs estão com desconto entre 20% e 25%. Também estão em oferta celulares, móveis, notebooks, ventiladores, entre outros produtos. Segundo o gerente, os itens mais procurados são da linha de imagem e som. Ontem à tarde, a equipe de vendas colocava cartazes com os preços mais baixos e decorava a loja para atrair os consumidores.

Consumidor
Para evitar problemas e criar dívidas indesejadas, o Procon RS elaborou algumas dicas para o consumidor aproveitar as ofertas. O alerta principal é para as compras pela internet.  

Dicas

- Não caia em roubada. Fique atento se os descontos oferecidos são reais ou custam "metade do dobro".
- Exija sempre a nota fiscal para comprovar a relação de consumo e ter direito à garantia do produto e/ou serviço.
- Produtos com problemas devem ser encaminhados para a assistência técnica e o reparo deve ser feito em até 30 dias.
- Fique atento às compras pela internet, busque informações sobre os sites no Sindec Nacional ou Consumidor.gov.
- Quando acessar um site de compras, verifique se tem cadeado de segurança e mantenha o antivírus atualizado.
- Evite clicar em anúncios que chegam por e-mail ou redes sociais. Oportunistas aproveitam a data para enviar mensagens falsa com nomes de empresas conhecidas.
- É obrigação do fornecedor garantir o que foi prometido no site ou anúncios.
- O consumidor pode exercitar seu direito de arrependimento de compra feita pela internet no prazo de sete dias a contar do recebimento do produto.
- Documente todos os passos da compra virtual, inclusive com o e-mail do fornecedor, para casos de troca ou não recebimento do produto.
- Foi enganado? Procure os órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor na internet.

Comentários

VEJA TAMBÉM...