Colunistas

Carta a você

Ito José Lanius [email protected]


A minha dinâmica nesta coluna vai ser bem simples. Ao atender o honroso convite do jornal O Informativo, quero trazer à tona algumas reflexões que julgo importantes para o nosso dia a dia, para a nossa vida, e para o crescimento pessoal.

Se cada vez que falamos com alguém, aprendemos um pouco, sexagenário que sou, tenho inúmeras experiências a compartilhar e muitíssimas observações a fazer para potencializar este mundo jovem, que deseja evoluir cada vez.

A minha comunicação pretende instigar o raciocínio, a interpretação, o pensamento crítico. Trazer personagens e temas de forma subliminar. Cabe ao leitor associar os fatos e melhorar o pensamento, com o seu poder de influência. Com isso, vamos construir um mundo melhor que tanto desejamos. Toda ação gera uma reação, seja ela positiva ou negativa, e tem ações tão débeis que, simplesmente, não as percebemos. Tenho posições firmes e, ao mesmo tempo, sou flexível, mas não vulnerável. Muitos são assim, mas preferem ficar contidos no seu canto.

Exponho-me à crítica ao propor-me a escrever. Gostaria de dialogar com os leitores, ouvir sugestões de temas e assuntos. Respondo por tudo o que escrever aqui. É um registro, bem diferente daquilo que observo nas redes sociais, onde um alto percentual de textos é de "fake news" (notícias falsas). Talvez este seja o grande papel do jornalista e da imprensa: trazer a verdade; ter informações reais; separar a emoção da razão.
Você poderá expressar suas inconformidades, elogiar fatos e destaques. Interagir, sem dúvida, com este valioso veículo que fala com a comunidade.
Tenho algumas convicções, que norteiam a minha vida e me permito transcrever a carta de princípios da JCI, a qual define quase na totalidade meu jeito de viver e ser.

A fé em Deus dá sentido e finalidade à vida;
A fraternidade dos homens transcende a soberania das nações;
A justiça econômica pode ser melhor obtida por homens livre , através da livre iniciativa;
Os governos devem ser de leis, mais do que de homens;
Que o grande tesouro da terra está na personalidade humana ;
E que servir a humanidade é a melhor obra de uma vida.

Em todas as minhas atitudes, procuro e faço tudo de maneira séria e bem-intencionada. Espero o mesmo de todos. E assim finalizo este meu primeiro texto dirigido a você. Os próximos serão destinadas ao papa, ao prefeito, ao vereador, ao deputado, ao presidente da cooperativa, ao líder religioso, ao ministro, a Deus, ao diabo, ao motorista, ao médico, ao pobre, rico, alto, baixo. Enfim, à postura de pessoas que não compreendo. Onde está o bem-comum de suas ações está o tema para reflexão.

Boa semana!


Comments

SEE ALSO ...