Esporte

Classificadas

Com gol histórico de Marta, Seleção Feminina vence a Itália e avança às oitavas da Copa do Mundo

Créditos: Guilherme Rossini
Marta marca seu 17º gol em 19 jogos em Copas do Mundo entre homens e mulheres - CBF/divulgação

VALENCIENNES | A Seleção Brasileira entrou no campo do Stade du Hainaut, em Valenciennes, na França, pressionada, pois não poderia perder para a sensação da Copa do Mundo de Futebol Feminino, a Itália. Sem Andressa Alves, machucada e Formiga, suspensa, o Brasil fez um grande jogo e, com um gol histórico de Marta, venceu as italianas por 1 a 0 e garantiu a classificação às oitavas de final. Foi o 17º gol de Marta em 19 jogos de Copa do Mundo, com isso, a atacante se tornou a pessoa, entre homens que mulheres, a fazer mais gols em mundiais.

Com a vitória, o Brasil alcançou os seis pontos, embolando a classificação do Grupo C. A primeira colocada, Itália, e a segunda, Austrália, também fizeram seis pontos, mas deixaram as brasileiras na terceira colocação nos critérios de desempate. Agora, a Seleção Brasileira aguarda os jogos de amanhã para descobrir sua adversária que, ao que tudo indica, será a França, anfitriã e melhor seleção da competição até o momento.

 

O jogo

O Brasil fez seu melhor primeiro tempo em toda a Copa do Mundo frente as italianas. Marcando as adversárias no campo de ataque, as brasileiras deram pouquíssimas chances para a Itália. A atacante Debinha teve a melhor oportunidade dos 45 minutos iniciais. A camisa 9 completou cruzamento, de letra, mas a goleira Giuliani fez um verdadeiro milagre. Logo após, Marta bateu escanteio olímpico e a defensora salvou novamente. A melhor chance das italianas foi com Bonansea, que chutou à queima roupa, mas Barbará salvou e garantiu o empate.

Na segunda etapa, a Seleção Brasileira seguiu pressionando a seleção da Itália, tanto que, aos 6 minutos, Andressinha bateu falta da entrada da área, no travessão. Aos 10, a zagueira Kathellen quase abriu o placar, de cabeça. No entanto, aos 28 minutos, não teve jeito. A atacante Debinha arrancou, entrou na área e sofreu pênalti. Marta bateu, com raiva, e fez o 1 a 0 que garantiu a vitória e a classificação do Brasil.

 

Comments

SEE ALSO ...