Esporte

Dupla Gre-Nal dá sorte em sorteio das oitavas da Libertadores

Grêmio repete jogo contra o Libertad-PAR, enquanto Inter enfrenta o Nacional-URU

Créditos: Guilherme Rossini
- Conmebol/divulgação

Luque - Foi só um susto. Depois da divulgação da simulação do sorteio que ocorreria mais tarde para definir os encontros de oitavas de final da Copa Libertadores da América, que acabou cruzando Grêmio e Internacional, além de Boca e River Plate, o evento oficial trilhou um caminho bem mais simples para a dupla Gre-Nal nas oitavas de final. Na cerimônia que ocorreu na noite de ontem, na sede da Conmebol em Luque, no Paraguai, ficou definido que o Grêmio enfrentará o Libertad, do Paraguai, enquanto o Inter joga contra os uruguaios do Nacional, evitando que, além de se encontrarem, os times enfrentassem outros brasileiros.

A apreensão no sorteio foi quase até o final, pois os confrontos foram sendo sorteados, mas nada de Inter ou Grêmio surgirem. Com isso, a chance de Gre-Nal foi aumentando, até que o Nacional-URU foi definido como adversário do Internacional e o Grêmio, do Libertad-PAR. Por ter sido primeiro colocado em seu grupo, o Colorado decide em casa a classificação contra os uruguaios, enquanto o Grêmio terá que viajar até o Paraguai para repetir o confronto da primeira fase que decidirá seu futuro na Copa Libertadores da América.

 

Grêmio x Libertad-PAR

Na primeira fase da Copa Libertadores da América, o Libertad não só se classificou com antecedência, como também superou o próprio Grêmio na pontuação do Grupo H. Com 12 pontos em seis jogos, os paraguaios bateram o Tricolor dentro da Arena, em Porto Alegre. Com 11 gols marcados e sete gols sofridos, o time acabou a fase de grupos com um saldo positivo de quatro gols. O time ainda tem o artilheiro da competição até o momento, Adrián Martínez, que já marcou seis vezes na competição continental.

O time paraguaio nunca foi campeão, tendo em suas melhores classificações chegado às semifinais, em 1977 e 2006.

 

Inter x Nacional-URU

Como ficou em primeiro lugar em seu grupo, o Internacional poderá decidir em casa o confronto contra o Nacional-URU. A equipe uruguaia fez 13 pontos na fase de grupos, mesmo número do Cerro Porteño, tendo perdido o primeiro lugar para os adversários pelo saldo de gols. A equipe marcou apenas cinco gols na primeira fase, mas sofreu somente dois, mostrando que a força do time, como de toda equipe uruguaia, é a defesa. O artilheiro do Nacional até o momento é Bergéssio, que anotou três gols até o momento no torneio.

Tradicionalíssimo na competição, o time do Uruguai já conquistou a Libertadores três vezes, em 1971, 1980 e 1988.

 

Comments

SEE ALSO ...