Esporte

Esforço valeu o segundo lugar

Em seu retorno menos de 60 após uma cirurgia no ombro, Herbert Pereira chega em segundo na 3ª etapa do Campeonato Gaúcho de Motovelocidade

Créditos: Guilherme Rossini
Após o ótimo resultado, Herbert Pereira agradeceu o apoio da família, amigos e de sua equipe, a Charrua Racing - Ochacal

GUAPORÉ | Dor, sofrimento, limitação nos movimentos e a glória de uma segunda colocação. Esse foi o final de semana do piloto da Charrua Racing, Herbert Pereira, que ficou em segundo lugar na 3ª etapa do Campeonato Gaúcho de Motovelocidade, em Guaporé, na categoria SuperSport 600cc, na estreia de sua nova moto, a Kawasaki ZX6-R. "Tive que ser o mais cauteloso possível nos treinos, pois, não poderia arriscar cair e me machucar novamente. Por isso, fui instruído para apenas conhecer a moto nova e ver como meu ombro ia se comportar menos de 60 dias após a cirurgia", explica o competidor.

Após um sábado de treinamentos na pista de Guaporé repleto de dor e insegurança, Pereira refletiu durante toda a noite de sábado para entender como deveria pilotar e os possíveis riscos da corrida do dia seguinte. Já no treino classificatório, o piloto se destacou, alcançando a segunda colocação. No entanto, a corrida começou ruim para o competidor da Charrua Racing. "Estava nervoso e por isso fiz uma péssima largada. No entanto, recuperei as posições, administrei a diferença para o terceiro colocado e consegui concluir a prova com muita dor, mas feliz da vida, por ter superado meu objetivo, que no sábado era apenas completar a corrida. Foi grande a emoção de todos, entre amigos, equipe e família, comemorando muito o incrível resultado em mais um final de semana indescritível", enfatiza.

 

Cirurgia e dor

Menos de 60 dias após cair, lesionar o ombro e precisar fazer uma cirurgia para a reparação do problema, o piloto Herbert Pereira resolveu voltar à pista antes do esperado, mesmo tendo feito poucas sessões de fisioterapia e longe da condição ideal de pilotagem. "A dor esteve presente o final de semana todo, mas não desisti em nenhum momento. Fiz muita massagem, coloquei faixas para fortalecer os músculos, tomei alguns remédios para diminuir a dor no local e fiz muito gelo no ombro. O resultado veio. Esse foi apenas um passo, agora tenho que me recuperar e estar 100% para próxima etapa, para continuar somando pontos para o campeonato", diz Pereira.

Comments

SEE ALSO ...