Esporte

Hebert Pereira fatura o bicampeonato da Copa Yamaha R3

No Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, piloto de Estrela assegura o título da categoria


- OChacal/divulgação

Santa Cruz do Sul - Não faltaram emoções na rodada dupla pela 5ª, e última etapa do Gaúcho de Motovelocidade realizado no final de semana no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. Com o título em aberto em diversas categorias, para o Vale do Taquari, a conquista veio na Copa Yamaha R3.


Em vantagem na classificação geral, o piloto de Estrela Hebert Pereira montou uma estratégia de marcação sobre o vice Marlinton Teixeira. "Foi um final de semana de muita luta. No sábado, consegui me classificar com o segundo melhor tempo. Confesso que sabia que não seria fácil meu trabalho no domingo, pois meu concorrente ao título também estava andando muito forte. Na primeira bateria de domingo, larguei bem, disputei a primeira colocação com o (Marlinton) Teixeira até que consegui passar ele. A partir daí, imprimi um ritmo forte. Quando estava na terceira volta ele caiu atrás de mim. Sem o adversário, administrei a prova mais longa da minha vida (risos) e consegui passar na bandeirada na primeira colocação e me consagrar campeão, com uma prova de antecipação, já que mesmo vencendo a segunda bateria, meu oponente não conseguiria me alcançar no número de pontos" explicou o piloto que na segunda bateria liderava, mas acabou caindo a mais de 180km/h. Com a opção de descarte de uma prova, o título estava assegurado.

"O ano foi incrível, com muita chuva do jeito que eu gosto. Muitas disputas, mas o principal foi uma temporada onde amadureci muito, pois sabia que um tombo seria fatal para buscar o bicampeonato. Nesse último mês cheguei ao peso que me possibilitou ser ainda mais competitivo. Só tenho a agradecer a todos que estiveram comigo nesse ano maravilhoso. Meus amigos, família, patrocinadores, equipe, a galera da imprensa e principalmente a Charrua, que me apoiou do início ao fim, como vem fazendo há três anos e sei que sem eles isso não seria possível", completou.

Comentários

VEJA TAMBÉM...