Expovale 2012

Público recorde é comemorado pelas agroindústrias familiares

Setor contabilizou vendas ao redor de R$ 200 mil com o aumento de pessoas no Parque esta semana


Lajeado - O recorde histórico de público em um único dia da Expovale, registrado na quinta-feira (15), foi comemorado pelo setor das agroindústrias. Cerca de 35 mil pessoas estiveram no Parque do Imigrante, e um dos espaços mais procurados foi o pavilhão 4, onde estão instaladas as 90 agroindústrias e artesanatos que comercializam seus produtos desde a última sexta-feira (9), abertura oficial da feira. "A demanda no dia de ontem foi tanta, que algumas agroindústrias não disponibilizam mais de produtos", afirma o coordenador do espaço, engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar de Lajeado, Nilo Cortez.
 
Cortez garante que algumas das famílias chegaram a comercializar mais de 150 quilos de salame, em apenas um dia. "Isso sem contar a procura por queijos, sucos e outros", afirma. Para o coordenador, ainda não é possível contabilizar o volume de negócios realizados por cada uma das agroindústrias de maneira oficial. "Mas, de antemão, o que se pode dizer é que este número chega próximo aos R$ 200 mil por parte das agroindústrias e aos R$ 60 mil por parte dos artesões", avalia.
 
O produtor José Horn (62), de Estrela, é um dos que se mostra animado com o faturamento. Dono do Apiário Horn ele comemora o fato de esta ser a melhor edição em termos de volume de negócios. Ele credita o sucesso, em partes, a consciência do público em buscar, a cada dia, um produto de qualidade. "Também a possibilidade de inovar, de despertar a atenção dos visitantes, também se torna um diferencial", afirma, apontando a caixa de plástico transparente, que contém um favo com abelhas e que "enfeita" a sua banca.
 
Para a dona da Kolonie Alimentos, Dalva Muxfeldt (55), de Forquetinha, as feiras também servem para fidelizar os compradores. Em sua quinta participação na Expovale, ela afirma já ter recebido visitantes que levaram o cartão da agroindústria, retornando, depois, ao município para novas compras. "O fato de poder degustar o produto fresquinho, diretamente da banca do produtor, também é uma forma de atrair o público", diz.

Comments

SEE ALSO ...