Flávio Meurer

Idiotas úteis

Artigo de Flávio Meurer

Créditos: Flávio Meurer, professor da Univates

E o presidente conseguiu mais uma vez: enquanto visitava de surpresa o ex-presidente americano George W. Bush, declarou que os participantes das manifestações contra os cortes na educação eram "idiotas úteis", massa de manobra. Com essa generalização, demonstrou o que já sabíamos: que não tem postura presidencial nem muito tino político. O lado bom disso é que ele fez ressurgir as manifestações estudantis, que marcaram tantos períodos da nossa história. Seriam esses estudantes alienados, manipulados por interesses escusos de sindicalistas e de partidos de oposição? Ouvi de algumas pessoas: "Ah, até concordo com essas manifestações, mas não vou porque tem gente levando bandeira de Lula Livre!".Nada garante que esses interesses não estejam presentes nos atos, pois uma manifestação popular é também um objeto de disputa quanto ao seu significado e aos seus rumos - como foi possível ver nos protestos de junho de 2013. Muitos, sobretudo jovens, podem se deixar levar por essa euforia do movimento coletivo. Fazer parte de algo que transcende o indivíduo possui uma dubiedade: aponta para uma utopia questionadora, mas pode anular o próprio potencial crítico individual.

O jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues considerava-se um conservador, um reacionário. Ele era um crítico ferrenho das manifestações de jovens que aconteceram no Brasil durante os anos 1960 em oposição à ditadura. Para ele, aqueles jovens seguiam uma onda que mal entendiam, formando mais do que uma multidão, uma unanimidade. Daí sua famosa frase "toda unanimidade é burra". Todo movimento de massa, à direita ou à esquerda, carrega esse potencial para anulação do indivíduo. No entanto, a apatia em que nos encontramos diante dos rumos da política tampouco significa ponderação ou reflexão. Não se pode ficar esperando uma manifestação pura, desvinculada de qualquer disputa política e absolutamente racional para se legitimar o movimento desses jovens. Talvez daí esteja surgindo um novo cenário que pode ser desencadeador de mudanças.


Comments

SEE ALSO ...