Geral

Alargamento facilita trafegabilidade em estrada entre Bauereck e Marques

Detonação de rochas, abertura de valetas e colocação de material atendem pedido de usuários

Créditos: AI Prefeitura de Forquetinha
- Giovane Weber/Prefeitura de Forquetinha/divulgação

Forquetinha - Após o período de chuvas, a Secretaria de Obras, Viação e Interior retomou os trabalhos de recuperação nas estradas. Uma das comunidades atendidas esta semana é Bauereck. Conforme o secretário Henrique Krüger, a equipe trabalha na estrada que liga ao município de Marques de Souza. "Era um pedido dos moradores e usuários. O objetivo é melhorar a trafegabilidade e reduzir as chances de ocorrer algum tipo de acidente", comenta.

Conforme o prefeito Paulo José Grunewald, o trajeto é bastante íngreme e cheio de rochas. Em muitos locais, a passagem era estreita e dificultava o escoamento da produção ou mesmo o deslocamento de veículos. "Realizamos a detonação, abrimos as valetas, alargamos a via em vários pontos e vamos fazer a colocação de material. Aumentamos a segurança", afirma.

Com auxílio de uma motoniveladora, retroescavadeira, caminhões e rolo campactador, o trabalho segue em ritmo intenso. A próxima comunidade a ser atendida é São Vitor. Em 2018, o Executivo projeta aplicar 17,54% do Orçamento em ações da Secretaria de Obras.

"Aumenta a segurança"
A agricultora Noemi Ruppenthal Bolkenhagen (59) elogia as mudanças. Para ela, é fundamental para garantir mais segurança. "As rochas dificultavam a passagem de veículos e a estrada era muito estreita. Com o alargamento ficou muito bom. Era um antigo pedido nosso e agora foi atendido", comemora.

Segundo Noemi o trajeto é uma das principais ligações de Forquetinha e Canudos do Vale com a cidade de Marques de Souza. Além de favorecer o transporte da produção agrícola, é utilizada para o deslocamento de pacientes até o hospital.



A moradora Ieda Bündchen (61) destaca a importância de fazer a manutenção da rua e a colocação de material. "O uso do rolo compactador reduz as pedras soltas, que dificultavam o trânsito de veículos nas subidas do morro", observa.

Ieda diz que a estrada estava em estado precário e a limpeza, roçada, patrolamento e o alargamento em alguns pontos eram necessários.

Comentários

VEJA TAMBÉM...