Geral

Alunos do Senai apresentam máquinas inovadoras

Estudantes mostram para empresários e autoridades três projetos desenvolvidos para melhorar trabalho industrial

Créditos: Caroline Garske
- Caroline Garske

Lajeado - Alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Lajeado apresentaram, na tarde de quarta-feira (12), as três máquinas criadas e que foram destaque no Desafio Senai de Projetos Integradores. O programa é uma iniciativa para desenvolver a capacidade dos estudantes de trabalhar em grupo, integrando os diversos cursos técnicos, além de propor ações inovadoras e fazer pensar de forma empreendedora.

Segundo o gerente de operações do Senai Lajeado, Jerry Amarildo Hibner, o objetivo da produção dos equipamentos é suprir demandas do mercado. "O estudante tem que trabalhar em uma situação real e combater o problema apresentado. Ou seja, as empresas nos alimentam com necessidades, e os alunos se dedicam a desenvolver a solução", explica.

Representando o Poder Público, estiveram presentes a vice-prefeita Gláucia Schumacher, a secretária da Educação, Vera Lucia Plein, e o secretário do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura, André Bücker. Vera Lucia parabenizou os professores e os alunos e destacou a importância do incentivo à inovação. "É importante preparar esses jovens, dar oportunidades para desenvolverem e aprenderem a desenvolver. É uma chance que eles têm de não ficarem ociosos e saber que é possível avançar profissionalmente e encontrar seu destino", ressalta.


Solda mig mag para eixo cardan
A solda mig mag para eixo cardan foi solicitada aos alunos do Senai Lajeado devido à demanda de uma empresa para prestação de serviço de usinagem, balanceamento e montagem de cartões novos e usados e serviços de recuperação de cartões. Stéfani Larissa Cândido explica que o desafio foi fazer uma máquina com mais segurança para consumidor e operador. "Hoje a demanda da empresa é feita a mão, ocasionando desperdício de matéria-prima, com riscos de acidente. Então nosso desafio foi diminuir estes riscos, trazendo segurança e qualidade", explica uma das alunas responsáveis pelo trabalho.

Esteira de pasteis
Outra máquina apresentada é a que faz a montagem de pasteis automaticamente. O projeto foi desenvolvido pelos alunos Luan Michael de Siqueira, Erick Lorencena e Lucas Rama. Luan, que estuda Elétrica Industrial, conta que a ideia surgiu devido a uma demanda de segurança no trabalho. "Por conta dos movimentos repetitivos na hora de estampar o pastel, recebemos o desafio de fazer uma máquina que suprisse essas lesões", comenta. Já Erick Lorencena, aluno do Curso de Mecânica Industrial, explica que em sua área foi trabalhado desde o desenho até a montagem. "Da parte da mecânica, trabalhamos desde o desenho passado para nós, até o momento de apresentar a máquina pronta. E as peças foram todas feitas com o material oferecido pelo Senai", explica. Para Luan, a experiência foi única. "Valeu muito para o currículo. Agradeço ao Senai pela oportunidade."

Corte a laser
Guilherme dos Santos, Rômulo Almeida, Walasse Lucas, Dionatan Bush e Adriani Rodrigues desenvolveram uma máquina de corte em MDF com laser. Os instrutores Antonio Marcos da Silva, Sandro Klipp da Rosa e Sofia Neumann acompanharam os estudantes em todo processo de montagem do equipamento, que durou mais de um ano. O objetivo foi reduzir o tempo de produção, aumentando o lucro.
Conforme os alunos, o foco foi proporcionar uma produção sem riscos. "Se o operador que está fazendo o trabalho tentar abrir a tampa, automaticamente ela para de funcionar, então isso oferece segurança para ele e para quem está perto da máquina", explica Guilherme dos Santos. Além disso, um site foi criado para facilitar o entendimento. "Fizemos um código QR e elaboramos um site. Lá colocamos treinamento, quando é possível começar a operar a máquina, sugestões de produtos e manual de instruções. Então, com o celular, abre o código e o site e tem tudo em mãos. É muito mais fácil", comemora Adriani Rodrigues, aluna do Curso de Técnico em Administração do Senai.

Alunos Guilherme dos Santos, Rômulo Almeida, Walasse Lucas, Adriani Rodrigues e o instrutor Antonio Marcos da Silva

Alunos Luan Michael de Siqueira, Erick Lorencena e Lucas Rama e a máquina de pastéis

Aluna Stéfani Larissa Cândido com os instrutores Régis Antes e Samuel Landin

Comentários

VEJA TAMBÉM...