Geral

Ciranda Cultural vai eleger a 1ª Prenda do Rio Grande do Sul

Evento será em Lajeado, cidade da atual detentora do título, Jessica Thaís Herrera

Créditos: Kassieli dos Santos
JÉSSICA: atual 1ª prenda é anfitriã do evento - Tiago Borolotto/divulgação

Lajeado - Um dos eventos tradicionalistas mais prestigiados do estado, a Ciranda Cultural de Prendas, em sua 49ª edição, ocorrerá entre quinta-feira e sábado, em Lajeado, município integrante da 24ª Região Tradicionalista. Realizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), o concurso será na cidade da 1ª Prenda do RS, Jessica Thaís Herrera (20), acadêmica do curso de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e integrante do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Tropilha Farrapa.

Aberto à comunidade, contará com a participação de 74 concorrentes, prendas das trinta regiões tradicionalistas do Rio Grande do Sul, abrangendo as categorias mirim, juvenil e adulta. Com provas escrita, oral, artística e mostra folclórica, o concurso escolhe as nove prendas que durante a gestão 2019/2020 representarão e divulgarão valores culturais, princípios éticos e projetos sociais da cultura gaúcha. São aguardadas aproximadamente 4 mil pessoas. "Trazer este concurso para cá é um sonho realizado por muitas mãos, são dez anos dedicados como prenda. O evento trará benefícios ao município, movimentando-o a nível cultural e comercial", afirma Jéssica.

Conforme Jéssica, a preparação das prendas para o concurso é intensa, com uma dedicação de estudos, ensaios e leitura. A Ciranda é organizada em três fases, da entidade, da Região Tradicionalista e estadual. "É uma dedicação diária, temos a bibliografia oficial para os concursos culturais, que compreende cerca de 28 livros sobre geografia, história, tradição e tradicionalismo. As prendas se preparam para representar suas regiões e suas entidades tradicionalistas", explica.

Como 1ª Prenda do Rio Grande do Sul, ela visitou diversos galpões e entidades, prestigiando eventos e palestras com a responsabilidade de representar a figura da mulher gaúcha e também da juventude tradicionalista. "Durante este tempo como prenda, eu pude compreender melhor as relações sociais e cultural. A Ciranda mobiliza a juventude como liderança. Existe uma grande valorização a este concurso. Meu maior objetivo era fazer um trabalho próximo das prendas e peões, auxiliando-os de maneira dinâmica, buscando perceber a realidade e repassar o cenário ao Movimento Tradicionalista Gaúcho para fortalecer e resolver os problemas que existem", comenta.

Os locais de realização das atividades, como provas e bailes, serão distribuídos entre o CTG Tropilha Farrapa, a Univates e o Clube Tiro e Caça. O resultado das provas com a revelação da grande vencedora da 49ª edição será apresentado durante fandango com o Grupo Alma Crioula no Clube Tiro e Caça, que ocorrerá na noite de sábado, dia 18.


Programação do evento


Quinta-feira

14h - Recepção às delegações das Regiões Tradicionalistas
15h - Atividade de integração com prendas
19h - Bênção religiosa
20h - Jantar
Local: CTG Tropilha Farrapa

Sexta-feira
8h - prova escrita
Local: Univates - (salas de aula, 5º andar, prédio 16)
9h às 12h - Montagem da Mostra folclórica
13h30min - Avaliação da Mostra Folclórica
Local: Univates - Complexo Esportivo
20h30min - sessão solene de instalação da 49ª Ciranda Cultural de Prendas
Local: Teatro

Sábado
8h30min - avaliação das provas oral e artística (8h30)
Local: Univates
Mirim - Complexo Esportivo
Juvenil - Sala de cultura e eventos, biblioteca
Adulta - Teatro

22h30min - Fandango de Resultado da 49ª Ciranda Cultural de Prendas
Local: Salão social do Clube Tiro e Caça

 

Comments

SEE ALSO ...