Geral

Confec+ promete movimentar setor e já tem 30% dos estantes vendidos

Comissão organizadora se reuniu na manhã de ontem na Acil para alinhar detalhes da feira

Créditos: Jean Peixoto
REUNIÃO: a comissão organizadora da Confec+ se reunir para acertar detalhes da feira que ocorre nos dias 15,16 e 17 de agosto, no Parque do Imigrante, em Lajeado - Jean Peixoto

Lajeado- A comissão organizadora da Confec+ reuniu-se, na manhã de ontem, na sala da diretoria da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) para alinhar detalhes da feira. Conforme o diretor da Lume Eventos e coordenador da feira, Daniel Aires, 30% dos 121 estandes que serão disponibilizados durante o encontro já foram preenchidos por expositores de diversos municípios. "Estamos muito otimistas. Sabíamos desde o início que seria um grande desafio, mas ficamos cada vez mais motivados pelo engajamento do grupo. Tem muita coisa boa para fazer e que vai acontecer na feira", afirma Aires.

O coordenador explica que o principal objetivo da Confec+ é promover a aproximação dos profissionais da indústria de confecção com os fornecedores e do lojista gaúcho com as marcas de confecção do Estado. "O principal evento da Confec+ é a geração de negócios. A aproximação do profissional do setor da indústria com o fornecedor para buscar novas tecnologias, aviamentos, tecidos, tudo o que envolve a cadeia produtiva, para que o lojista gaúcho possa conhecer melhor e se abrir mais para a nossa indústria. É isso que fortalece a economia, não tem como fortalecer a economia se a indústria não girar", destaca.


Feira

A Confec+ ocorre nos dias 15,16 e 17 de agosto, no Parque do Imigrante, em Lajeado. O coordenador enfatiza que ela é uma feira diferenciada, realizada em um formato inovador no Estado. "É a primeira feira de moda realizada nesses moldes no Rio Grande do Sul, pois ela envolve toda a cadeia. Há diversas feiras totalmente voltadas para lojistas. A Confec+ é voltada para o lojista e para o empreendedor da indústria", explica. Além da feira, ocorrerão diversas palestras com pessoas renomadas do ramo da moda, como Beth Venzon, especialista e estudiosa em moda, cultura e identidade, com formação e estudos realizados no Brasil e na Itália, que se apresenta já no primeiro dia da feira. O jornal O Informativo do Vale é apoiador do evento.


Valorizando para inovar

Daniel Aires salienta a importância de valorizar a confecção regional e buscar a adesão de novas tecnologias. "Pesquisas apontam que 60% da confecção comercializada no Rio Grande do Sul vêm de outros Estados. Temos mais de 7 mil indústrias no RS. Só no Vale do Taquari são 320. A nossa indústria ainda é muito conservadora. Está vindo aí a indústria 4.0, é um setor que tem muito a evoluir e as nossas indústrias regionais precisam acompanhar essa evolução para saber o que está acontecendo lá fora", frisa.


Sessão de Negócios

As inscrições para a sessão de negócios, que ocorrerá no dia 16 de agosto, das 9h às 12h, no Pavilhão 4, estarão abertas a partir de 22 de julho, no site do Sebrae. A atividade será gratuita para todos os fornecedores, fabricantes e varejistas interessados em participar. O coordenador da feira explica que a rodada de negócios é promovida pelo Sebrae com um formato diferente. "O empreendedor ou o comerciante pode apresentar o seu produto para um grande grupo de possíveis compradores, em um curto espaço de tempo. É uma excelente oportunidade de negócios."

 

"O principal evento da Confec+ é a geração de negócios" - Daniel Aires, coordenador (fotos Jean Peixoto)

 

Comments

SEE ALSO ...