Geral

Corpus Christi leva centenas de fiéis à Matriz Santo Inácio

Celebração eucarística contou com missa, tapetes decorados e procissão no Centro


Uma multidão se aglomerou nas escadarias da Igreja Matriz para receber a bênção eucarística - Jean Peixoto

Os primeiros raios de sol da quinta-feira chegaram ao Centro de Lajeado junto com o funcionário público Agostinho Belin (65). Dos 35 anos em que reside no município, há pelo menos 20, o morador do bairro Moinhos se desloca até a Paróquia Santo Inácio de Loyola, no feriado de Corpus Christi, para trabalhar na confecção dos tradicionais tapetes decorados que colorem o entorno da Praça da Matriz. "Hoje cheguei antes das 6h, mas eu e o pessoal da RCC (Renovação Carismática Católica) estamos nos reunindo há semanas para planejar essa atividade", conta. Além dele, cerca de 60 membros da RCC trabalharam nos tapetes, com apoio de famílias, pastorais, catequeses e integrantes do Colégio Madre Bárbara. Natural de Erechim e lajeadense de coração, Belin e a esposa se juntaram à multidão que acompanhou a missa no interior da Igreja Matriz e a procissão que seguiu após o rito.

Com bancos, corredores e mezanino da Matriz lotados, a sagrada eucaristia foi entregue pelo pároco aos fiéis que acordaram cedo para acompanhar a missa. O comerciário Claudiomiro Daviez (49) levou a esposa Neila Brum Daviez (37) e o filho Alessandro Augusto Daviez (13) para receber o sacramento. Moradores do Bairro Olarias, onde Claudiomiro é ministro da paróquia, pela primeira vez a família decidiu acompanhar a celebração no Centro. 

Desempregada e sozinha, porém munida de sua fé inabalável, Trudi Hinning (58) fez questão de comparecer à missa. "Hoje eu vim para rezar, agradecer, pedir saúde e um emprego", exalta. 
Após a celebração, lembrando o episódio bíblico em que Jesus Cristo é recebido em Jerusalém sobre um tapete formado por ramos de oliveira estendidos por seus seguidores, o padre conduziu a procissão sobre os tapetes de serragem. Os ornamentos recobriram o pavimento desde a escadaria da paróquia, na Rua Bento Gonçalves, percorrendo toda a extensão no entorno da Praça da Matriz, por onde a romaria seguiu.

Após contornar a praça, a multidão se reuniu para receber a bênção em frente à escadaria da catedral. 
Com 50 anos de casamento recém celebrados, os aposentados Pedrinho Geraldo Mazzarino (79) e Afra Mazzarino (77) percorreram as ruas, acompanhando a procissão e contemplando os tapetes decorados. "Chegamos lá pelas 8h30min para tomar um chimarrão antes da missa e conferir a decoração. Está muito bonito", comenta Pedrinho.

O casal conta que, geralmente, frequentam as celebrações na paróquia de Arroio do Meio, onde se casaram há meio século atrás, mas, nesse ano, optaram por prestigiar o Corpus Christi da cidade onde moram há duas décadas, Lajeado.
Solidariedade

Entre as atividades realizadas na celebração de Corpus Christi da Santo Inácio, o recolhimento de alimentos é um dos destaques. A funcionária pública Dalva Maria Togni (61) foi ao culto com sua irmã, a enfermeira Maria Cristina Togni (57). Moradoras do Centro, ambas integram o núcleo de caridade da paróquia, responsável pela coleta das doações.

Sacramento eucarístico

Na última quinta-feira antes da sua morte, Jesus Cristo instituiu o sacramento da sagrada eucaristia, na celebração do seu corpo e do seu sangue, durante uma ceia com os apóstolos. No dia seguinte, Cristo foi crucificado. Por essa razão, a Igreja Católica, além de algumas igrejas ortodoxas e protestantes, celebram o Corpus Christi na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que ocorre no domingo posterior ao de Pentecostes. Embora o sacramento do corpo e sangue tenha sido instituído pelo próprio Cristo, a tradição da procissão eucarística teve início no Século XIX e se mantém viva em todo o mundo até os dias de hoje. 

 

Comments

SEE ALSO ...