Geral

Documentário mostra realidade por trás das grades

O estudante de jornalismo Tiago Wiethölter optou por produzir e dirigir audiovisual sobre o Presídio Estadual de Lajeado em seu trabalho de conclusão de curso

Créditos: Caroline Garske
- Caroline Garske

Lajeado - O acadêmico de Jornalismo da Universidade do Vale do Taquari (Univates), Tiago Wiethölter, mergulhou na dura realidade do Presídio Estadual de Lajeado. Ao chegar na reta final da graduação e ao ser desafiado a produzir um trabalho de conclusão, optou por dirigir um documentário sobre a casa prisional. "A ideia surgiu a partir de um interesse particular em conhecer essa realidade. Em 2017, quando o presídio foi interditado, fui até lá fazer uma reportagem pela TV Univates sobre o acontecido. Fiquei durante uma hora lá. Foi o tempo suficiente para fazer a minha curiosidade aumentar. Desde aquele dia, havia decidido que o meu trabalho de conclusão de curso iria tratar sobre esse assunto", relata o diretor do documentário A cidade dentro da cidade: um mundo atrás das grades.
Segundo o orientador do trabalho, Sandro Kirst, recentemente a universidade flexibilizou a estrutura de finalização dos cursos. "Antigamente os trabalhos de conclusão eram artigos ou TCCs formais. Agora adaptamos para que se possa ter produções específicas. No caso do Tiago foi uma produção audiovisual, que é um dos produtos que o jornalista vai trabalhar", explica o professor. Ele reitera que, junto ao vídeo, foi apresentado um relatório com o estudo de caso. "Ele trouxe fontes, elementos que tratam do vídeo, da linguagem e de uma série de fatores que devem ser considerados, mas sempre trazendo para o contexto jornalístico."
Aprovado com nota máxima pela banca avaliadora, Tiago conta que a relevância jornalística do documentário está em retratar uma realidade pouco conhecida pela população. "Decidi mostrar aquele espaço para trazer o debate para a sociedade. A maioria das pessoas vê o noticiário mostrando casas prisionais de grandes metrópoles, e acaba acreditando que isso não existe na sua cidade." Tiago fala ainda que optou por mostrar a infraestrutura precária e superlotação do presídio de Lajeado para levantar um debate sobre a situação que vivem os detentos e os profissionais que ali trabalham.


Lançamento

O lançamento oficial do documentário A cidade dentro da cidade: um mundo atrás das grades ocorreu no último dia 19, no auditório do Prédio 16 da Univates. Além de estudantes, profissionais da segurança pública de Lajeado prestigiaram o debate seguido pelo filme. O juiz Paulo Meneghetti e o diretor do Presídio Estadual de Lajeado, David Horn, falaram sobre a importância da produção audiovisual de Tiago Wiethölter.

Para Meneghetti, é preciso falar e trazer à tona o tema. "É uma satisfação poder debater um assunto que a maioria da sociedade prefere dar as costas. As pessoas que estão presas hoje, amanhã estarão contigo. Eu, como juiz, condeno alguém e logo mais estou cruzando com essa pessoa no Centro", reitera.

Diretor da Presídio Estadual de Lajeado, que tem capacidade para 122 detentos, mas que hoje abriga 250, David Horn fala sobre as dificuldades enfrentadas na gestão da casa e de como o documentário ajuda na observação. "A imagem fala mais que muitas palavras, então é interessante despertar todos para realmente buscar a resolução de uma problemática. Os defeitos todo mundo consegue apontar, é fácil. Mas a questão é a solução. Nós temos em média 75 prisões por mês, então é muita gente entrando e muita rotatividade. Nós tentamos fazer com que essas pessoas saiam um pouco melhor do que entraram", afirma Horn.

O documentário apresentado foi o terceiro finalizado por Wiethölter. O graduando pretende continuar atuando no segmento. "Amo o mundo dos documentários e vou seguir nessa área", finaliza. A cidade dentro da cidade: um mundo atrás das grades ainda não está disponível para ser visto pelo público em geral. Segundo Tiago, antes a produção será exibida em alguns festivais.

Diretor do Presídio de Lajeado, David Horn, e o juiz Paulo Meneghetti, estiveram presentes no lançamento. (Foto: Caroline Garske)

 

 

Comments

SEE ALSO ...