Geral

Eleições do Conselho Tutelar movimentam municípios do Vale

Eleitos terão como função fiscalizar situações de risco, ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente


- Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Lajeado

Os 38 municípios do Vale do Taquari votaram, entre 8h e 17h de ontem, em seus representantes para o Conselho Tutelar. O órgão colegiado é autônomo e pertence à administração pública municipal e não tem função jurisdicional. Ele é regido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (Eca).

Os eleitos serão empossados no dia 10 de janeiro de 2020 e terão mandato de quatro anos. Os conselheiros tutelares têm como função fiscalizar situações que possam oferecer risco, ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente, além de realizar ações preventivas. A função de Conselheiro Tutelar é de dedicação exclusiva, 24 horas por dia, nos sete dias da semana.

Encantado

Encantado foi o município do Vale do Taquari com o maior número de candidatos a conselheiros tutelares. A votação, que ocorreu no Centro Administrativo Municipal, contou com mais de três mil eleitores. Conforme a presidente da comissão eleitoral, Stéfanie Casagrande, a movimentação no local foi intensa. "Ao meio dia diminuiu um pouco, mas sempre com alguém votando, a maior fila é na urna cinco que é da letra K até o M, mas está tudo ocorrendo tranquilamente", relata.

Mesmo não sendo obrigatório, a jovem Ana Paula Lubian (22) compareceu à Prefeitura de Encantado para votar. "Eu acredito que de certa forma é obrigatório. É um dever da gente porque a base da nossa vida é a infância e a juventude. Se todos cidadãos caminharem juntos, a cidade vai mudar", comenta a estudante de direito.

Lajeado

Em Lajeado, foram disponibilizados 15 locais para votação em diversos bairros do município. Na Sociedade Lajeadense de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Slan), no Centro, a médica Sílvia Regina Dartora (49), foi depositar seu voto em uma das urnas disponíveis. "São pessoas que vão cuidar e zelar pelas nossas crianças e adolescentes. Eu acho que é um dever meu, mesmo não sendo obrigatório, participar dessa escolha." A apuração dos votos em Lajeado foi no prédio da prefeitura.

Estrela

O local de votação em Estrela foi único, com urnas no Colégio Santo Antônio/Faculdade La Salle, Centro. A presidente da comissão eleitoral do município, Carla Kalsing, relata que o movimento foi tranquilo. "Ocorreu tudo dentro do previsto, apenas em alguns momentos tivemos filas. É o primeiro ano na cidade, e a gente está bem satisfeito com o número de eleitores que têm vindo." Ao todo, foram 962 votantes, que podiam indicar até cinco candidatos.
João Vicente de Oliveira (20), resolveu votar porque o pai já foi conselheiro tutelar e sabe da importância da escolha. "Eu vim com alguns candidatos já pré-estabelecidos", comenta.

 

Comments

SEE ALSO ...