Geral

Emater realiza ações em parceria com a Apae de Bom Retiro do Sul

Recentemente, um grupo de 15 alunos participou de uma oficina de plantio de temperos, flores e hortaliças em horta vertical

Créditos: Redação
PARTICIPAÇÃO: 15 alunos puseram as mãos na terra para fazer a horta vertical - Emater/RS-Ascar/divulgação

Bom Retiro do Sul - Desde o começo de 2015, a Emater/RS-Ascar e a Escola de Educação Especial Reino da Criança, de Bom Retiro do Sul, têm realizado uma série de ações com o objetivo de promover a cidadania e a inclusão social de pessoas com deficiência, que integram a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). No dia 9, com o apoio das extensionistas Letícia Mairesse e Sandra Rieth, um grupo de 15 alunos participou de uma oficina de plantio de temperos, flores e hortaliças em horta vertical.

Durante a atividade foram repassadas informações relativas aos materiais necessários para a construção da horta - canos de PVC, terra e mudas -, e sobre como executar o plantio de forma correta. Para a professora Márcia Wermann, o trabalho com a terra traz uma série de benefícios, acalmando e alegrando os alunos. "As ações com a Emater sempre significam, para eles, um dia diferente, de aprendizado, de diversão e de estímulo à autonomia já que todos, sem exceção, participam do projeto", comenta.

Além de oficinas de plantio de mudas, outras atividades, com temas como separação correta do lixo, construção de uma composteira, aproveitamento de alimentos, elaboração de balas de mel e confecção de artesanatos, buscam orientar para o uso sustentável dos recursos naturais e para o estímulo no que diz respeito aos cuidados com o meio ambiente. "Para nós, a realização de ações com a Apae não é apenas gratificante, é revigorante, já que também saímos renovados após esse momento de troca com eles", ressalta Sandra.

Saiba mais
A assistente técnica regional da área social da Emater/RS-Ascar, Elizangela Teixeira, salienta que, no Vale do Taquari, os municípios de Lajeado, Encantado, Taquari e Teutônia também executam projetos em parceria entre as entidades. Já em municípios que não possuem Apae constituída, também são realizadas ações para inclusão de pessoas com deficiência, sendo muitos deles em parceria com os Centros de Referência da Assistência Social (Cras). "A intenção é a de promover a cidadania e a inclusão social, a partir de atividades de vivência com o envolvimento de todos os alunos", enfatiza.

Comentários

VEJA TAMBÉM...