Geral

Emei Criança Alegre permanecerá fechada na próxima semana

Alunos serão atendidos nas dependências do Projeto Vida enquanto tiver obras na escola

Créditos: Julian Kober
EM OBRAS: reforma na Emei Criança Feliz deve ser concluída nos próximos dias - Guilherme Van Leuween

Lajeado - As atividades da Escola Municipal de Ensino Infantil (Emei) Criança Alegre, no Bairro Santo André, deverão normalizar somente no dia 18, segunda-feira. Problemas na reforma do prédio atrasaram o início do ano letivo. A expectativa é de que as obras sejam concluídas ao longo da próxima semana.

Após comunicado da Secretaria de Educação nesta sexta-feira, a Associação de Pais e Funcionários (APF)informou às famílias dos alunos que as crianças continuarão a ser atendidas provisoriamente no prédio do Projeto Vida até quinta-feira (14). Não haverá atendimento na sexta-feira (15) devido à parada pedagógica, que faz parte do calendário da Secretaria de Educação (Sed).

"A orientação aos pais segue a mesma do início da semana: quem puder segurar os filhos em casa é melhor. Aqueles que precisarem podem contar com o auxílio do Projeto Vida", explica o presidente da APF, Nilson Joel Auler, que esteve reunido com a direção da Emei e o suplente de vereador Jones Barbosa da Silva (MDB) para ver o andamento das obras.

Com a reforma em execução, a maioria dos pais optou por não levar os filhos para a Emei durante esta semana. Das cerca de cem famílias atendidas pela creche, 15 deixaram as crianças no Projeto Vida. "A maioria dos pais encontrou uma alternativa para não precisar trazer os filhos até a escola", afirma a diretora da instituição, Franciele Luísa Mallmann.

Servidores do Projeto Vida ajudarão Emeis

O Sindicato dos Professores Municipais de Lajeado (SPML) informou que, durante a próxima semana, os servidores do Projeto Vida, de Lajeado, vão ajudar nas Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis). A medida, da Secretaria de Educação (Sed), é para suprir a falta de professores nas creches enquanto os novos contratados estão sendo chamados. "Os funcionários do Projeto Vida estão em recesso até o dia 18, quando as atividades reiniciam. Então, a Sed pode deslocá-las para esta função", afirma a presidente do sindicato, Mara Crestani Goergen.

Conforme publicado em O Informativo do Vale, a decisão gerou desconforto entre alguns servidores, que reuniram-se na Câmara de Vereadores quinta-feira para decidir o que iriam fazer. O grupo pedia um documento por escrito e haviam dito que na sexta-feira (8) trabalhariam nos seus locais de origem.

Comentários

VEJA TAMBÉM...