Geral

Emendas parlamentares vão destinar R$ 15 milhões ao HBB

Ao todo, hospitais gaúchos projetam receber R$ 68 milhões conquistados com apoio da bancada gaúcha no Congresso

Créditos: Da redação
Votação ocorreu na semana passada, em Brasília - divulgação

Brasília - O Hospital Bruno Born (HBB), de Lajeado, está entre os hospitais gaúchos que deverão ser beneficiados com valores oriundos de emendas parlamentares conquistadas pela bancada gaúcha na Câmara dos Deputados. Ao todo serão distribuídos R$ 68 milhões para fins de custeio de diversos projetos no Rio Grande do Sul.

Além de participar do rateio da emenda impositiva, o HBB apresentou projeto de R$ 15 milhões ao deputado Giovani Cherini, coordenador da bancada federal gaúcha. O pedido acabou sendo incluído na lista de emendas não impositivas. O objetivo do hospital é executar reformas na unidade cardiológica, no Centro Obstétrico e na UTI Pediátrica, além de adquirir equipamentos.

Conforme o diretor Executivo do hospital, Cristiano Dickel, os pacientes do setor de cardio são 86% oriundos do SUS; o Centro Obstétrico realiza cerca de 150 partos e cesáreas mensalmente; e a UTI Pediátrica - a única no Vale do Taquari - necessita de adequação para dez leitos (sete pelo SUS e três privados).

"Os valores contemplam as necessidades de uma região composta por 37 municípios e cerca de 380 mil habitantes. Temos muito a agradecer aos deputados gaúchos por esta votação", observa Dickel.

Ao todo os deputados votaram a favor de 11 dos 51 projetos que buscavam aprovação para emendas não impositivas apresentados por hospitais gaúchos. Os recursos, acrescentando-se demandas fora da área da saúde, chegam a R$ 169 milhões. O valor deve entrar no orçamento da União em 2019.

 

Emendas da bancada gaúcha no Orçamento Geral da União - 2019

Emendas de apropriação impositivas: R$ 169.628.521,00

  1. Saúde: Hospitais Custeio: R$68.000.000,00;
  2. Educação: Equipamentos para escolas agrícolas, através do Governo do RS: R$ 30.000.000,00;
  3. Segurança Pública: Equipamentos através do Governo do RS: R$1.628.521,00;
  4. Transportes: BR-116: R$30.000.000,00;
  5. Transportes: Ponte Porto Xavier - San Javier: R$20.000.000,00;
  6. BR 290: R$ 20.000.000,00;

 

Emendas de apropriação não impositivas:

  1. Apoio à Expansão da rede federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica do RS: Instituto Farroupilha, Instituto Federal do Rio Grande do Sul e Instituto Federal Sul-rio-grandense.
  2. Instituto de Cardiologia: Reforma e equipamentos médico hospitalares.
  3. Adequação de trecho rodoviário - BR-285 / Trecho São José dos Ausentes até a divisa com Santa Catarina;
  4. Hospital da cidade de Passo Fundo / equipamentos;
  5. Ponte sobre o Rio Ibicuí, na BR-472;
  6. Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental e Projeto Preliminar da extensão da BR-448 até a ERS-240, em Portão;
  7. INSCER - Instituto do Cérebro da PUC, de Porto Alegre;
  8. Rota Panorâmica interligando Canela a Três Coroas;
  9. Codepampa: Aquisição de Patrulhas Mecanizadas para manutenção e conservação de estradas vicinais;
  10. Hospital Bruno Born, de Lajeado: Reforma da Unidade Cardiológica, da UTI Pediátrica e do Centro Obstétrico / equipamentos;
  11. Erechim: Fundação Hospitalar Santa Terezinha / equipamentos e reformas.

 

Emenda de Remanejamento

  1. Adequação da travessia urbana de Santa Maria na BR-158/287RS

Comentários

VEJA TAMBÉM...