Geral

Encantos do nosso Rio Taquari

Compositores, músicos e intérpretes exaltam a maior beleza natural da região

Créditos: Rita de Cássia
- Lidiane Mallmann

Encantado - Uma das maiores riquezas da região teve destaque especial durante a realização do 15º Canto da Lagoa, em novembro do ano passado. As letras escritas em homenagem ao nosso Rio Taquari tornaram o evento ainda mais emocionante contando histórias que envolvem esse bem natural do Vale. O autor da música vencedora Recuerdos do Rio Taquari, Luciano Lucca, criou a letra assim que soube da categoria especial do evento. Natural de Encantado e atual morador de Lajeado, tem ligação emocional com o rio desde a infância. Ao todo oito composições se inscreveram com o tema proposto e cinco foram selecionadas: Entre a história e a lenda, Em ti lavei meu coração, Pra ficar, Encantado e Recuerdos do Taquari - esta última vencedora do Troféu Gino Ferri - Melhor Tema Rio Taquari - Fase Nacional. A ideia da temática foi do idealizador do Canto da Lagoa e prefeito de Encantado, Adroaldo Conzatti, para comemorar os 25 anos do festival. "O Rio Taquari é de extrema importância. Todos os imigrantes que chegaram ao Vale vieram por este rio. Essa história deve ser resgatada e valorizada, e tem papel marcante no desenvolvimento da região", explica Conzatti.

Recuerdos do Taquari

Gênero musical: canção/chamamé
Letra: Luciano André Lucca
Música: Luciano André Lucca
Cidade: Lajeado

Melhor tema Rio Taquari

O compositor Luciano Lucca foi jurado no primeiro Canto da Lagoa há 25 anos, também sempre teve vários amigos participando do festival e, na 14ª edição, ele e seu grupo ficaram com o troféu de música mais popular. Quando viu o anúncio do evento no Facebook informando da categoria Rio Taquari, logo ficou interessado. Para quem cresceu próximo às suas margens não foi difícil contar uma bela história. "No dia seguinte, levantei cedo, por volta das 5h30min, fiz meu chimarrão e em questão de dez minutos saiu a letra. Quando criança, era costume eu ir lá para o rio com meu pai e meu avô; e depois de adulto também, então quem conhece aquele lugar sou eu", afirma. Lucca conversou com o amigo Marcelo Nólibus, gravaram a música no celular, enviaram e ela foi selecionada. "Chamamos a amiga cantora Stella Maris e outros amigos músicos para apresentar a composição no festival. É sempre muito bom estar no palco do Canto da Lagoa e foi uma alegria sem fim receber o troféu de música Melhor Tema Rio Taquari", completa Lucca.


Stella Maris Reckziegel participou da terceira, quarta e quinta edições do Canto da Lagoa; e na sétima, foi apresentadora do evento. Voltou na 15ª edição para defender a música de Luciano Lucca, Recuerdos do Taquari. "Quando o Luciano Lucca me apresentou a música, eu logo gostei muito da letra, principalmente, porque envolveu lembranças da infância dele. E eu que também tenho uma ligação forte com o rio - pois meu pai me levava quase todos os domingos de verão para fazer piquenique, tomar banho de rio e pescar eu me emocionava cada vez mais, na medida em que ensaiávamos. Entrei na letra do Luciano. Essa foi uma das músicas mais emocionantes que defendi", afirma Stella Maris.

Encantado

Gênero musical: Gato (ritmo argentino)
Letra: Atahualpa Maicá
Música: Atahualpa Maicá
e Grupo Tibiquari
Cidade: Lajeado

Atahualpa Maicá

"Foi um prazer escrever a letra e musicar a obra Encantado, que fala sobre a história da origem do nome da cidade. É sempre interessante falar sobre as origens, pois assim aprendemos sobre a região. Faz um ano que passo pela cidade de Encantado e não sabia da riqueza da história que ela me apresentou. Sempre ouvi falar do festival. Este ano resolvi me inscrever e por felicidade, a música passou na triagem. Apresentei e produzi junto com o grupo Tibiquari. Que este evento permaneça para sempre", destaca o cantor, compositor e guitarreiro gaúcho, nascido na cidade de Três Passos, Atahualpa Maicá. Ele que agora reside em Lajeado é filho de Valdomiro Maicá e sobrinho do saudoso Cenair Maicá.

Pra ficar

Gênero musical: Chamamé
Letra: Clary Costa
Música: Clary Costa
Cidade: Estrela

Clary Costa

A artista Clary Costa - mãe do violonista e compositor conhecido mundialmente Yamandu Costa - escolheu Estrela para viver. Logo nos primeiros dias na cidade, sentou-se na área de casa, viu a lua cheia entre as árvores e percebeu que, enfim, havia encontrado o que tanto buscava: tranquilidade. "Foi fácil compor porque eu estava de frente para a lua e a mata, na casa que era o meu sonho e há 500 metros do rio. O que mais me inspira no rio é a importância que ele tem para a região, pois divide os municípios de Lajeado e Estrela e serpenteia pelos Vales. É lindo demais. Apresentar essa música no Canto da Lagoa foi algo muito interessante pois faziam vários anos que eu não me apresentava em um festival - desde a extinção do meu grupo Os Fronteiriços. Foi emocionante, pois eu e meus colegas que tocam comigo procuramos representar bem nossa querida Estrela", conta Clary.

Em ti lavei meu coração

Gênero musical: Chamamé
Letra: Thiago Casaril Vian
Música: Fábio Tiecher
Cidade: Encantado

Melhor intérprete Fase Regional

A ligação do advogado e compositor encantadense Thiago Casaril Vian com o festival surgiu muito cedo. "Tive a oportunidade de participar de três edições: uma na fase estudantil, quando ganhei o prêmio de melhor letra; e duas na fase regional, sendo uma delas em coautoria com o escritor Jorge Moreira - referência cultural para muitos encantadenses", conta. A ideia de participar da 15ª edição surgiu com o amigo Fábio Tiecher, que em muitas ocasiões subiu aos palcos do Canto da Lagoa. É de autoria deles Em ti lavei meu coração, vencedora do troféu de Melhor Intérprete da Fase Regional. "Como havia um eixo específico, acabamos aliando o desejo de participar com o prestígio que mantemos pelo nosso rio, que circunda o Vale do Taquari. Foi um momento ímpar, afinal, era uma reunião de amigos interpretando uma letra que compus", destaca Vian. A música foi defendida por Ranieri Moriggi, natural de Muçum. "Quando recebi o convite do Fábio e do Thiago para defender essa composição, fiquei com receio, pois Fábio é um baita intérprete premiado em muitos festivais, então dividir o palco com ele foi uma grande honra para mim", afirma Moriggi. 

Entre a história e a lenda

Gênero musical: balada
Letra: Eduardo Jacques
Música: Eduardo Jacques
Cidade: Lajeado

Duda Jacques

Quem também apresentou uma canção em homenagem ao Rio Taquari foi o músico experiente em festivais, Duda Jacques, de Lajeado, com Entre a história e a lenda, de sua autoria. Ele participou de nove edições e foi premiado 14 vezes entre regionais e alguns nacionais. "O Canto da Lagoa é uma plataforma para os talentos do Vale e de fora mostrarem seu trabalho, algo raro no Brasil. Eu venho para cantar para o público. O que vier é lucro", conta

Comments

SEE ALSO ...