Geral

Escolas da região recebem verba para obras

Contempladas Monsenhor Scalabrini, Estrela da Manhã, Nicolau Müssnich e Santa Clara

Créditos: Ana Kautzmann, Carolina Schmidt e Naiâne Jagnow
ENCANTADO: Instituto Estadual Monsenhor Scalabrini vai reformar a parte elétrica - Monsenhor Scalabrini/divulgação

Vale do Taquari - O governo do Estado anunciou o repasse de R$ 53 milhões para reformas e ampliações em escolas. No Vale do Taquari, foram contemplados o Instituto Estadual de Educação Monsenhor Scalabrini, de Encantado, e a Escola Estadual de Educação Básica Nicolau Müssnich, de Estrela, com R$ 150 mil cada. Também o Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã, de Estrela, e a Escola Estadual de Ensino Médio Santa Clara, de Santa Clara do Sul, com R$ 100 mil cada. A titular da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, Greicy Weschenfelder, destaca que os valores significam investimentos nas escolas. São verbas aguardadas para reformas que irão melhorar o ambiente escolar. "Felicidade resume o meu sentimento de mais uma sinalização positiva de investimento do governo estadual."

Encantado
Na instituição de Encantado, os recursos vão concretizar um sonho que já dura dez anos: ter uma escola com o ambiente climatizado. Até então, não havia suporte elétrico para a instalação de condicionador de ar. Ano passado, a escola já havia recebido R$ 120 mil. "Mas só R$ 70 mil foram usados para fazer a subestação", explica a diretora Rosemeri Radaelli. Os professores e estudantes precisam aguentar o calor do verão apenas com os ventiladores de teto. "Nós queremos terminar a reforma de toda a parte elétrica para, assim, instalar os climatizadores", esclarece. A novidade foi recebida pelos alunos com euforia. "Eles gritam 'uhu'", brinca a diretora do Instituto Estadual de Educação Monsenhor Scalabrini, também feliz com os R$ 150 mil.

Estrela
Os R$ 150 mil vão bancar a reforma do telhado na Escola Estadual Nicolau Müssnich. A diretora Maria Elenita Sulzbach celebra a conquista, pois a verba era aguardada há anos. "Todas as coberturas estão com problemas e precisamos consertá-las. Estava na hora de recebermos o auxílio, que é essencial para nós." 


FotosLidiane Mallmann

Já a diretora do Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã, Angela Zimmermann, explica que a instituição vai reunir-se com a 3ª Coordenadoria Regional de Educação e comunidade escolar para elencar as prioridades e reformas. "O prédio é antigo, e temos muitos ajustes a fazer." O encontro em que será decidida a aplicação dos R$ 100 mil ainda não tem data definida.

Santa Clara do Sul
Para a diretora da Escola Estadual de Ensino Médio Santa Clara, Iara Rambo, o dinheiro não poderia ter vindo em melhor hora. "É uma grande conquista para a comunidade escolar. Será bem aplicado porque sempre pensamos no bem-estar de nossos alunos", afirma. Quanto à aplicação dos R$ 100 mil, Iara explica que a escola ainda aguarda as orientações da Seduc e 3ª CRE para dar início aos projetos.

Saiba mais
A liberação dos recursos do Programa Autonomia Financeira 2018 foi oficializada na quarta-feira, no Palácio Piratini. São do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) e do salário-educação e contemplam 349 escolas gaúchas. Para serem beneficiadas, as instituições foram selecionadas por critérios técnicos como sistema de rede elétrica, Plano de Prevenção de Incêndio, entre outros. A seleção também leva em conta as análises do Comitê Gestor de Obras, trazendo critérios pedagógicos, de recursos humanos e de necessidade de obras.

Comentários

VEJA TAMBÉM...