Geral

Estrela cede áreas do aeródromo para a construção de hangares

Governo Municipal realizou concorrência púbica. Espaços possuem 500 metros quadrados


- Paulo Schneider/arquivo

ESTRELA - Foi assinado pelo Governo de Estrela e a empresa Benoit Eletrodomésticos Ltda., vencedora de concorrência pública, contrato de concessão de uma área de 500 metros quadrados no Aeródromo Regional do Vale do Taquari, para a construção de um hangar. O espaço poderá ser utilizado pela empresa por dez anos, com possibilidade de renovação por igual período.

Com este são seis os espaços concedidos, dos quais quatro já contam com hangares, cujos permissionários têm até 2021 para utilizá-los. No final do ano passado, por meio de concorrência, a Faros, de Cruzeiro do Sul, também recebeu uma área de 500 metros quadrados para a construção de um hangar.

O secretário do Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Estrela, Paulo Finck, cita que, pela concessão, o município recebe R$ 28 mil. Salienta, por outro lado, que as empresas têm prazo de dois anos para construírem os hangares e que as benfeitorias realizadas passam a fazer parte do patrimônio da prefeitura ao final do contrato. "Nosso objetivo é promover o desenvolvimento econômico de Estrela e do Vale do Taquari. Cada vez mais as empresas precisam deste modal de transporte para agilizar seus negócios, facilitando os deslocamentos", diz o secretário.
O aeródromo, localizado em Linha São José, possui 570 metros de pista homologados e mais 400 prontos para ampliação.

 

Comments

SEE ALSO ...