Geral

Ilópolis recebe treinamento sobre aplicativo do setor eevateiro

Técnicos agrícolas, produtores rurais e viveiristas aprenderam a utilizar o App C7 Ilex

Créditos: Lívia Oselame
- Lívia Oselame

Ilópolis - "Começou a reengenharia do complexo ervateiro." Assim resume o secretário executivo do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate), Roberto Magnos Ferron, sobre o primeiro treinamento realizado no Rio Grande do Sul para o manuseio do aplicativo C7 Ilex. A capacitação foi realizada em Ilópolis, na quinta (3) e sexta-feira (4), e reuniu técnicos agrícolas, produtores rurais, viveiristas e associados do Instituto.

Além de identificar, catalogar, registrar e fazer a localização geográfica das árvores geneticamente superiores de erva-mate, o aplicativo possibilitará o cadastramento das indústrias ervateiras, dos viveiros, dos produtores e dos fabricantes de máquinas e equipamentos.

Técnico agrícola e extensionista rural da Emater/RS-Ascar do município, Fabiano Zenere foi um dos participantes. Para ele, o aplicativo é de fácil manuseio e um excelente programa para o mapeamento completo da cadeia produtiva. "Teremos dados precisos da produção, da produtividade e da localização das plantas e, com isso, poderemos criar um programa de desenvolvimento do setor", destaca.

Zenere já está com o C7Ilex instalado em seu smartphone. De todos os ícones disponíveis, o que mais se destaca, na opinião do técnico, é o denominado "Espacialização". "Todas as plantas de erva-mate serão cadastradas nele e, com o tempo, poderemos escolher o tipo de chimarrão que desejamos produzir, e extrair a matéria-prima de plantas específicas", revela.

O C7 Ilex vem acompanhado de um manual de boas práticas agrícolas, que possibilitará à indústria e ao produtor monitorar a qualidade do erval, tendo orientação técnica disponível no aplicativo. Conforme Ferron, o aplicativo será disponibilizado por meio eletrônico aos associados do Ibramate, que receberão gratuitamente, mediante a realização do treinamento.

Disponibilização

Até o momento, apenas a versão destinada a empresas e instituições vinculadas ao Ibramate está disponível. Conforme o professor do Departamento de Engenharia Rural da Universidade Federal de Santa Maria, Ênio Giotto, durante o mês será disponibilizada, aos produtores, a versão gratuita.

O aplicativo foi criado em duas versões: para uso exclusivo em dispositivos móveis com sistema android, e para uso em notebooks e computadores desktop.

Capacitações

Outros dois treinamentos serão realizados no Estado: em Erechim e Novo Barreiro ou Palmeira das Missões, em datas ainda a serem marcadas. Conforme Ferron, a Universidade Federal de Santa Maria, criadora do aplicativo, disponibilizará, em breve, um curso a distância, para facilitar o aprendizado do público-alvo.

Comments

SEE ALSO ...