Geral

Jornada do Sorvete foca ideias e negócios

Conhecimento e tecnologia marcam primeiro dia de programação

Créditos: Redação
GERMANO RIGOTTO: ex-governador encerra palestras de ontem, com abordagem no cenário político e econômico - Assessoria de Imprensa Agagel/divulgação

Lajeado - Num dia frio e de cara amarrada, mais de cem empresários fabricantes de sorvetes de várias regiões do Rio Grande do Sul reúniram-se no Weiand Hotel, para a 19ª Jornada do Sorvete. Iniciado ontem, o evento anual, promovido pela Associação Gaúcha das Indústrias de Gelados Comestíveis (Agagel), segue até hoje à noite no Weiand Hotel, com palestras, momentos de integração e exposição de fornecedores de máquinas, matérias-primas e serviços. "A Jornada é uma grande oportunidade para melhorar nossos negócios e crescer. Com conhecimento e troca de informações podemos ter ótimos resultados", afirma o presidente da entidade, Vanderlei Bonfante. À tarde, o foco foi a exposição de fornecedores, organizada para prospectar e gerar negócios.

Palestras

A advogada Renata Kerkhoff falou sobre a modernização da legislação trabalhista e seus impactos no ramo empresarial. Citando questões pontuais - férias, uso do uniforme, remuneração, trabalho de gestante, jornada de trabalho e rescisão contratual -, apontou a prevenção como a melhor alternativa para evitar reclamatórias na Justiça. "É uma lei que dá uma maior agilidade e tranquilidade na relação." Segundo ela, a complexidade das alterações tem obrigado as empresas a ajustarem rotinas e procedimentos e aumentou a necessidade de se estabelecer regimentos internos, que ainda precisam considerar os acordos coletivos. Especialista em defesa patronal, também comentou que os confrontos entre empregador e funcionários sempre vão existir, mas que há maneiras de reduzir os incômodos: "Vocês devem tentar trabalhar essas diferenças para que ela seja mais amena possível".



A nutricionista e pós-graduada em Marketing de Serviços, Cristina Souza, falou sobre os desafios das empresas com os consumidores cada vez mais superconectados e o seu comportamento na hora da compra em produtos de impulso, como é o caso do sorvete. A palestrante destacou as oportunidades do Marketing 4.0, que é ter mais propósito no negócio, e como desdobrar isso dentro de uma estratégia. Cristina ainda valorizou o dueto produto e serviço oferecidos com qualidade, além da simplificação na experiência de consumo, que pode fazer grande diferença.



O ciclo de palestras do dia foi finalizado com o ex-governador do RS, Germano Rigotto, o qual apresentou à plateia as perspectivas para a economia nacional a partir do cenário político, destacando a imprevisibilidade do processo eleitoral deste ano e os efeitos disso sobre os negócios.

Programação de hoje

9h - "Como transformar problemas em oportunidades", com João Cristofolini
10h30min - Coffee Break
10h50 min - "Sorvete no palito - açaí e outras superfrutas", com Aldo Baccarin
12h15min - Almoço
14h às 18h - Visitação aos expositores
20h - Jantar (costelão)

Comentários

VEJA TAMBÉM...