Geral

José Romaci Reis toma posse como delegado regional

Em cerimônia realizada na tarde de ontem, Reis destacou desafios de déficit de efetivo e instalação de nova delegacia

Créditos: Caroline Garske
CERIMÔNIA: evento para prestigiar a posse do delegado José Romaci Reis reuniu autoridades regionais e estaduais - Caroline Garske

Lajeado - José Romaci Reis tomou posse da 19ª Delegacia Regional de Polícia de Interior (19ª DRPI) em cerimônia realizada no teatro do Colégio Evangélico Alberto Torres na tarde de ontem. A solenidade contou com a presença de autoridades do Poder Judiciário, Ministério Público, Chefia de Polícia do Rio Grande do Sul, Departamento de Polícia do Interior (DPI), Prefeitura e Câmara de Vereadores de Lajeado. O evento marca a posse do delegado que, desde 30 de janeiro, atua na repressão à criminalidade nos 31 municípios de abrangência da 19ª.

Reis assumiu a Regional no lugar do delegado Miguel Mendes Ribeiro Neto. O antigo titular prestigiou a cerimônia de posse e agradeceu os colegas da Polícia Civil pelo empenho e lealdade no período em que esteve à frente da 19ª DRPI. "As dificuldades existem, mas quando se tem boa vontade e compromisso, o trabalho se desenvolve até no percalço. Certamente eu tive uma grande experiência nessa região", afirma. Neto, que agora atua na 2ª Delegacia de Polícia Distrital de Porto Alegre, destaca a importância do Vale do Taquari para o Estado. "É uma região fantástica em todos os aspectos. Um polo econômico, cultural, universitário e um celeiro de inovações."

Para José Romaci Reis, o principal desafio é o déficit no efetivo da Polícia Civil. "É nosso maior problema, mas ao longo do tempo vamos tentar solucionar, talvez para o ano que vem já tenha uma melhora." O delegado espera pelos novos policiais civis que estão no curso na Academia de Polícia e que se formam em 8 de junho. A expectativa é que a região receba novos servidores com a formatura. Presente na posse, a delegada e chefe de Polícia do Estado do Rio Grande do Sul, Nadine Tagliari Farias Anflor, afirma que o efetivo é o menor da história da Polícia Civil. "Não é de hoje, é histórico. Então temos que continuar trabalhando. A Polícia Civil tem investigado e apresentado resultados. Os policiais da região estão todos de parabéns." Nadine reitera que em junho, 421 servidores se formam e a ideia é que no próximo semestre, mais 400 sejam chamados para curso.

O diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Joeberth Pinto Nunes, declara que a Polícia Civil trabalha com a ideia da integração das forças de segurança pública e destaca a importância da nova gestão. "Depois de 20 anos de função como delegado, esse momento representa o novo, e quando falo em novo, não falo em competência de um ou de outro, falo em esperança, em um combustível que temos que ter." Para Reis, o trabalho em conjunto com outros órgãos é o caminho certo. "Administrar da melhor forma possível a região em combinação com a Brigada Militar, Ministério Público, Judiciário, prefeituras, vereadores, para fazer um trabalho de qualidade para nossa comunidade em geral."


Draco nos planos

A instalação de uma Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) em Lajeado é um dos principais objetivos do novo delegado regional José Romaci Reis. Com prédio já definido na Avenida dos 15, Bairro Florestal, e com o titular Dinarte Marshall Júnior já indicado, a Especializada deve começar a atender no segundo semestre deste ano. "Tomo posse com desafios a ser cumpridos e o primeiro deles é a instalação da Draco, que é uma delegacia especializada em crimes de maior potencial ofensivo, como crimes de lavagem de dinheiro e crimes ligados às facções", destaca Reis.

A chefe de Polícia, Nadine Tagliari Farias Anflor afirma que entre agosto e setembro será iniciado processo de instalação. No entanto, é preciso garantir o início do serviço com qualidade. "Como gestores, temos que ser responsáveis e não abrirmos portas sem poder atender a comunidade. Então, dentro do cronograma da Chefia de Polícia, a Draco vai ser aberta sim, mas é uma conversa para o segundo semestre de 2019."


Resultados visíveis

Há 15 anos, José Romaci Reis é delegado de Polícia Civil. Ele já atuou em diversas delegacias do Vale do Taquari e conhece bem os problemas da região. Desde o final de janeiro no cargo, os resultados de sua gestão focada na ação já são visíveis. No último domingo, uma megaoperação, que envolveu cerca de 400 profissionais de toda região da Polícia Civil, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público, resultou em mais de dez prisões e apreensões de drogas, munições e armas.

Na cerimônia de posse, o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, elogiou a ação ostensiva. "O Vale do Taquari é uma região diferenciada por conta da integração, e foi coroado com a operação deste domingo, na qual o recado foi dado para a criminalidade. Mas mais importante que este recado é o sentimento de união."

 

 

Comments

SEE ALSO ...