Geral

Lajeado Moto Clube promove campanha de Natal

Arrecadação de doações em diversos locais da cidade vai até o dia 20 de dezembro

Créditos: Guilherme Rossini
Anderson Gabriel Hoppes frisa a importância de estender a mão para quem precisa - Guilherme Rossini

Lajeado - O Lajeado Moto Clube, por meio de seu secretário Jairo Stampinha, promove uma campanha de arrecadação de doações para beneficiar crianças carentes de instituições e projetos sociais do município. A segunda edição da Natal das Crianças vai ajudar a Sociedade Lajeadense de Auxílio aos Necessitados (Slan) e os projetos Vida dos bairros Santo Antônio, São José e Santo André. A iniciativa é somente uma das que Stampinha pretende fazer em nome da entidade. "Era um sonho de que, quando parasse de viajar por causa do trabalho, iria me engajar no Lajeado Moto Clube e batalhar bastante em ações sociais. Tanto que também estamos recebendo material escolar, na intenção de fazer uma nova ação, agora de volta às aulas", explica.
Segundo Stampinha, houve uma grande evolução em relação ao ano passado. "Em 2017, tivemos o apoio de quatro lugares, no entanto, ao ver a importância do que estamos fazendo, a campanha foi se difundindo e já temos mais que o dobro de parceiros." É o caso da loja Ponto Lux, que por meio do vendedor Anderson Gabriel Hoppes, se tornou um dos pontos de recebimento de doações. "Eu utilizo as instalações do Lajeado Moto Clube e, por isso, conheço o Stampinha. Ao ver suas publicações no Facebook, resolvi ver se havia possibilidade de ajudarmos aqui na loja para que crianças com poucas condições possam ter um Natal melhor", diz Hoppes.

 

Doações

As doações podem ser efetuadas em nove pontos de coleta em Lajeado até o próximo dia 20: Baixinha Lanches (Americano), Ciclovia Yamaha (São Cristóvão), Klein Gastropub (Universitário), Motocompanhia (Centro), Ponto Lux (Centro), Posto Universitário (Universitário), Valecross/Concessionária Honda (Americano), Vidrocar (Florestal) e Winner Games (Shopping Lajeado). "O que vier, vem bem, afinal, o Papai Noel não pode ir com o saco vazio, tem que fazer a alegria da criançada. É legal demais interagir com eles", comenta Stampinha.

Comentários

VEJA TAMBÉM...