Geral

Oficina de plantas alimentícias faz parte da programação da Semana do Meio Ambiente, em Lajeado

Participantes puderam provar as receitas feitas a partir de algumas Plantas Alimentícias Não-Convencionais


- Jovana Dullius/Prefeitura de Lajeado/divulgação

Lajeado - Na tarde desta quarta-feira (6), a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) realizou mais uma oficina no Jardim Botânico de Lajeado (JBL) em alusão à Semana do Meio Ambiente. O assunto abordado foi Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANCs). Com o tema "Do mato, pro prato", a bióloga que atua no JBL,  Edith Ester Zago de Mello, explicou a importância dessas plantas para o meio ambiente.

Como as PANCs têm crescimento espontâneo e muitas delas são nativas, auxiliam na preservação do meio ambiente. "Temos que conhecer os nossos matos. Eles são fonte de nutrientes, não necessitam de adubo e possuem plantas com praticamente todas as substâncias necessárias para a vida", explicou Edith.

Durante a tarde, os participantes da oficina provaram as receitas feitas a partir de algumas espécies de PANCs e observaram as dispostas no Jardim Botânico. Kátia Sbaraini participou da oficina das abelhas sem ferrão na terça-feira, e na quarta-feira (6) da oficina das PANCs. "Eu leio bastante sobre os assuntos e estou aqui porque é uma forma de me inteirar e obter mais informações", destacou Kátia.

O que são as PANCs?

As Plantas Alimentícias Não-Convencionais são plantas comestíveis que surgem de forma espontânea em quintais, terrenos baldios e canteiros e que não são consumidas por falta de costume ou de conhecimento. É uma opção saudável que auxilia na preservação do meio ambiente por ser natural e de crescimento espontâneo.

APROVADO: participantes experimentaram pratos à base de Plantas Alimentícias Não-Convencionais

Comentários

VEJA TAMBÉM...