Geral

Pagamento antecipado do IPVA soma R$ 38,3 milhões na região

Dos 138,3 mil veículos tributados, 51,5 mil já quitaram o imposto

Créditos: Luciane Eschberger Ferreira
Próxima oportunidade é parcelar com primeiro pagamento até 31 de janeiro - Lidiane Mallmann/arquivo

Vale do Taquari - Dos 138.316 veículos emplacados e tributados nos 38 municípios da região, 51.526 já estão com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2019 quitados. São proprietários que aproveitaram o maior desconto e pagaram antecipadamente até 28 de dezembro. O valor total do IPVA na região soma R$ 109 milhões. Do montante, já foram arrecadados R$ 38,3 milhões com a antecipação de pagamento. Os dados são da Receita Estadual, 13ª Delegacia, com sede em Lajeado.
Dos 38 municípios, quatro registraram a quitação do imposto de mais de 50% dos veículos, com destaque para Forquetinha (53,77%), seguido por Poço das Antas (50,18%), Imigrante (50,14%) e Relvado (50,08%). Dezoito cidades alcançaram um percentual entre 40% e 49% do imposto recolhido; 12 municípios ficaram na faixa de 30% a 39% e quatro com menos de 29% (veja tabela).
Lajeado, a cidade-polo do Vale do Taquari, alcançou 34,55% com quitação de IPVA de 13.585 veículos e arrecadação de R$ 11,39 milhões. A frota é a maior da região, com 39.320 pagantes, seguida por Teutônia, com 12.855, e Estrela, 12.656 veículos.
O IPVA é um imposto estadual, mas que retorna aos municípios. O valor arrecadado, após as devidas destinações constitucionais, é repartido automaticamente 50% para o Estado e 50% para a cidade de licenciamento do veículo.
O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari e prefeito de Teutônia, Jonatan Bröstrup, destaca que se trata de um recurso que fica 50% no município e que é investido em serviços para a população, como saúde, educação, obras, agricultura e demais áreas. "Não temos dúvidas que o recurso é importante para o caixa das prefeituras, que cada vez mais assumem questões que são de competência do Estado e do Brasil. O recurso já pago pelo IPVA, sem sombra de dúvidas, dará um ânimo para as prefeituras no início do exercício financeiro, permitindo o melhor planejamento da aplicação do dinheiro." Além disso, completa o prefeito, pagando antecipadamente, os contribuintes ainda recebem um importante desconto, gerando economia para as famílias utilizarem o recurso extra em outras despesas. "Isso faz girar ainda mais a economia."

Formas de pagamento

Para os proprietários que não optaram pela quitação antecipada, o pagamento do imposto pode ocorrer até março com descontos no parcelamento. Para tanto, é necessário pagar a primeira parcela até 31 de janeiro. As duas subsequentes serão em fevereiro, até o dia 28, e março, até o dia 29. Os contribuintes que não pagarem o IPVA 2019 antecipadamente (quitação até 28 de dezembro ou parcelamento) terão o calendário limite para pagamento encerrando no mês de abril, conforme o final da placa dos veículos (veja tabelas).
Devem pagar IPVA todos os proprietários de veículos automotores fabricados a partir do ano 2000. A quitação pode ser feita no Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi, Caixa (loterias) e Banco do Brasil (somente para clientes).
Outras informações podem ser obtidas no site www.ipva.rs.gov.br

Confira reportagem completa na edição impressa

Comentários

VEJA TAMBÉM...