Geral

Papel da arte é assunto da redação no vestibular de inverno da Univates

Candidatos de 92 municípios participaram do processo seletivo, ontem

Créditos: Rita de Cássia
- Rita de Cássia

Lajeado - A Univates realizou o vestibular de inverno na tarde de ontem, no campus de Lajeado, com prova de redação. Participaram do processo seletivo candidatos oriundos de 92 municípios, do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Maranhão e São Paulo. Eles concorrem a vagas em 38 cursos. Para a redação, os estudantes puderam escolher entre escrever uma crônica ou artigo de opinião sobre o tema "Qual o papel da arte na sua vida".

Conforme o coordenador do vestibular, Volnei Bald, tudo transcorreu dentro da normalidade e todos os candidatos chegaram antes do início da prova. "Lembrando que há pessoas que optam por concorrer com a nota do Enem", explica. Ainda conforme Bald, o vestibular de inverno tem como objetivo alcançar as pessoas que eventualmente estão terminando o Ensino Médio em curso da Educação de Jovens e Adultos (Eja) ou Magistério, em fase de estágios. Ou seja, só concluem de fato o curso perto dos meses de junho ou julho. "Eles não precisam esperar até o vestibular de verão. É uma facilidade poder antecipar o início do estudo superior", afirma.

Listão e matrículas
O listão dos aprovados será divulgado na quarta-feira, no site www.univates.br. As matrículas ocorrem dias 14 e 15 de junho, no Atendimento Univates, sala 310 do prédio 9 do campus Lajeado, das 8h às 11h30min e das 13h às 20h.

Sempre há tempo para aprender

Sócio-proprietário de uma revenda de carros em Guaporé, Paulo Torres (56) decidiu fazer sua primeira graduação. Os motivos que o levaram a prestar o vestibular para o curso de Engenharia Elétrica, ele mesmo explica: "Quero ampliar conhecimentos e realizar um sonho", afirma. Quando era mais jovem, buscava uma vida estável. Agora que alcançou parte de seus objetivos, quer resgatar os estudos deixados no passado. "Tenho dois filhos. Um deles é formado em Administração e outro cursa o Técnico em Desenho Mecânico. Então, sinto necessidade de saber mais. No meu trabalho, atendo vários tipos de clientes e, por isso, preciso estar bem informado", comenta. O empresário ainda lembra de um curso do Senai - que concluiu em 1980. "Eu fiz até estágio. Agora quero voltar a aprender. Talvez um pouco tarde, mas ainda em tempo".

Comentários

VEJA TAMBÉM...