Geral

Parque Histórico de Lajeado é cenário para gravação de programa

O Parque é um dos principais pontos turísticos de Lajeado

Créditos: Assessoria de Imprensa de Lajeado
GALPÃO CRIOULO: O Parque foi a locação escolhida para o quadro chamado "De Mala e Cuia" - Prefeitura de Lajeado

Lajeado - Uma equipe do programa de televisão Galpão Crioulo, que aborda o tradicionalismo gaúcho nas manhãs de domingo na RBS TV, esteve na última quinta-feira no Parque Histórico de Lajeado para gravar uma parte do quadro que foi ao ar neste domingo. O apresentador Neto Fagundes, acompanhado da equipe técnica, passou o dia no parque, onde foi recebido pela professora Vânia Worm, que atua junto à Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Vânia é também integrante do Centro de Cultura Alemã, que ocupa uma das casas do Parque Histórico, e conhece bem a história do Parque. "Foi um prazer receber o pessoal do Galpão Crioulo na nossa cidade e no nosso Parque Histórico para mostrar um pouco da nossa história neste local tão bonito. É uma forma de divulgar este espaço para todo o Rio Grande do Sul, atraindo mais pessoas para conhecer este cantinho da nossa cidade", disse Vânia.


O Parque foi a locação escolhida para o quadro chamado "De Mala e Cuia", que integra o programa Galpão Crioulo com o objetivo de apresentar, a cada semana, novos lugares, histórias e personagens do Estado. Neto Fagundes também aprendeu a jogar Eisstocksport com os integrantes da equipe lajeadense, que apresentaram as regras deste divertido esporte de origem alemã.

 

PARQUE: a equipe do programa foi recebida pela professora e integrante do Centro de Cultura Alemã, Vânia Worm

Sobre o Parque Histórico de Lajeado


Um dos principais pontos turísticos de Lajeado, o Parque Histórico foi inaugurado em 08 de novembro de 2002. Recebe os visitantes para uma viagem no tempo, rica em cultura e história alemã. Também conhecido em alemão como Deutscher Kolonie Park, com 20 mil metros quadrados, é um espaço cultural e turístico peculiar com uma grande coleção de estruturas arquitetônicas construídas genuinamente em estilo enxaimel pelos imigrantes alemães entre 1860 e 1910.

O local conta com diversas edificações, entre museus, canchas de esporte Eisstocksport e demais prédios que formavam uma colônia dos tempos dos pioneiros. As construções foram realocadas, em dimensões originais e formam uma "aldeia-museu". Todo o processo de identificação, transferência, reconstrução e restauração destes prédios alemães para este simulacro de vila permitiu a preservação das casas que estariam condenadas pela ação do tempo.

Além do valor histórico-cultural, o local é destinado à realização de eventos gastronômicos e artísticos. Além disso, já foi palco para a gravação do DVD ao vivo da Orquestra de Concertos Lajeado com Kleiton e Kledir e foi também o cenário principal para o filme "Paixão de Jacobina", do diretor Fábio Barreto, lançado em 2002.

 
O que fazer no Parque Histórico


Atualmente, o Parque conta com dois museus abertos à visitação mediante agendamento prévio. O Museu da empresa Fruki conta com objetos antigos que lembram a história dos primeiros produtos comercializados. Já o Museu da família Lohmann conta com a exposição de móveis e objetos antigos que foram adquiridos através de doações espontâneas da população lajeadense e região. Entre alguns objetos expostos na casa, estão camas, armários, classes e quadros de aula.

O restante das construções não são abertas à visitação, mas a história de cada uma pode ser conferida nas placas informativas, que indicam a família que a construiu e a localização originária.


Horário de funcionamento do Parque Histórico


De segunda a sexta-feira, das 7h30min às 18h.

Nos sábados, domingos e feriados, das 9h às 19h.


Onde fica: ao lado do Parque do Imigrante, na Rua Lourenço Meyer da Silva, nº 345-535, bairro Alto do Parque.

Telefone para agendamento de visitas: (51) 3982-1242

Comments

SEE ALSO ...