Geral

Pedágio solidário arrecada fundos para nova sede delegacia de Estrela

Expectativa é de que prédio ofereça melhores condições de atendimento e de trabalho

Créditos: Cristiano Duarte
PEDÁGIO: voluntários pediram doações em dinheiro no Calçadão - Cristiano Duarte

Estrela - Ao saber que o pedágio solidário feito pela Faculdade La Salle era para ajudar a Polícia Civil a reformar o prédio da nova sede no Centro da cidade, o chapeador Orfeu Hentz (49) foi de pronto abrindo a carteira para ver a quantia que tinha em dinheiro para também dar a sua contribuição. Embora não sobre muito do salário após pagar as contas do mês, fez questão de depositar nas caixinhas dos voluntários que se distribuíam pelas esquinas do Calçadão, no sábado pela manhã. "Se todo mundo ajudar um pouquinho, teremos uma Polícia Civil instalada num lugar mais adequado ao serviço deles. Seria bom não precisarmos de polícia, mas precisamos. Tem muita criminalidade. A Civil tem trabalhado bem contra isso", opina o chapeador.

Para o delegado Juliano Stobbe, a generosidade da comunidade de Estrela com a Polícia Civil é reflexo do serviço que tem sido conduzido por ele e seus agentes. "Temos correspondido aos anseios do que a população espera. O povo de Estrela é muito solidário e sabe que mais do que acabar com o crime também temos esforços para garantir os seus direitos fundamentais enquanto cidadãos", orgulha-se Stobbe.

Pedido antigo da Polícia Civil, a mudança de prédio foi recentemente atendida pelo governo do estado com a doação de um imóvel nas esquinas da Coronel Mussnich e Coronel Flores. A sede atual funciona num imóvel antigo e com problemas estruturais. Stobbe acredita que além de a nova delegacia ficar instalada na região central, facilitando o acesso da população, com uma melhor estrutura os agentes também terão condições mais adequadas para trabalhar. "Primamos pelo atendimento ao público e para isso precisamos de uma estrutura que corresponda ao serviço que a Polícia Civil presta a comunidade".

Este novo espaço, segundo técnicos, também precisa de reformas, visto que está sem uso há alguns anos. Um estudo preliminar aponta que serão necessários pelo menos R$ 130 mil para a reforma do imóvel e ainda mais valores, não orçados, para a construção de um anexo para demais necessidades da DP. 

 

O pedágio

A ação solidária foi promovida pela Faculdade La Salle com apoio com a Câmara do Comércio, Indústria e Serviços (Cacis). A atividade ocorre anualmente, mas para o vice-presidente Charles Hoss (32) esta edição foi especial, pois buscou recursos para a instituição que protege a sociedade da criminalidade.

"Desta vez, estamos ajudando a contribuir para a segurança de Estrela. Toda esta ação é voltada para a Polícia Civil", conta Charles. Segundo ele, o pedágio solidário arrecadou R$ 1 mil que foram doados para a reforma do prédio.

O líder comunitário Hélio Musskopf também participou da ação. Aos 80 anos, o ex-deputado acredita que está na hora de a população começar a refletir sobre a importância em auxiliar no quanto for possível a segurança pública da cidade. "O estado passa por dificuldade. Precisamos de mais conscientização sobre a importância da Polícia Civil. Este espaço será mais adequado para todos nós", diz ele.

Em apoio a ação, o presidente da Cacis, Pablo Palma, enfatizou que a criminalidade é um dos gargalos de Estrela. "A comunidade empresarial é uma das que mais sofre com a insegurança. Resolvendo o problema da delegacia, resolveremos os problemas da cidade".

 

 

Comments

SEE ALSO ...