Geral

PPCI do Parque do Imigrante depende de aquisição de bomba

Corpo de Bombeiros aguarda pedido de vistoria da prefeitura para emissão de alvará

Créditos: Julian Kober
- Lidiane Mallmann/arquivo O Informativo do Vale
Lajeado - O alvará do Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) do Parque do Imigrante ainda não está regularizado. Para obter a licença, a Prefeitura de Lajeado precisa solicitar ao Corpo de Bombeiros o pedido de vistoria para que seja concluída a emissão do documento.

De acordo com a Administração Municipal, a solicitação ainda não foi feita porque a atual bomba hidráulica do parque não está adequada ao sistema de hidrantes instalados no começo de 2018, que custou em torno de R$ 200 mil ao Executivo. A Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Seosp) está providenciando a compra do equipamento, ao custo de R$ 7,4 mil, que deve estar instalado dentro de duas semanas. Isso permitirá que o Executivo solicite a vistoria do Corpo de Bombeiros de Lajeado, para que seja possível receber o certificado de regularidade do PPCI.

Além disso, a prefeitura afirma que a regularização do alvará do Parque do Imigrante está sendo feita em etapas de um cronograma de adequações que levaram quatro anos. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 300 mil.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Lajeado, tenente Valdinei Rosa, explica que o parque já possui certificado de aprovação. "O projeto de PPCI já foi apresentado pela prefeitura. Ele foi analisado e aprovado. Então, no papel está tudo certo, o parque está em condições. Falta apenas a vistoria para liberarmos o alvará. Então, estamos no aguardo do município", afirma.
 
 Saiba mais

O Parque do Imigrante é tradicional palco de diferentes eventos, como o Campeonato Piá, aos finais de semana. Em novembro, recebe a maior feira da região, a Expovale.

Comentários

VEJA TAMBÉM...