Geral

Preço da cesta básica de Lajeado sobe pelo quarto mês seguido

O preço médio do kit de produtos chegou a R$ 255,52, valor mais alto de 2019

Créditos: Jean Peixoto
A cebola manteve o ritmo progressivo de aumento iniciado em fevereiro, encerrando maio com o preço médio mais caro do ano (R$ 4,51) - Lidiane Mallmann

LAJEADO | O custo da cesta básica de Lajeado aumentou 3,17% em maio, mantendo o ritmo de reajustes dos últimos quatro meses. O preço médio do conjunto de produtos pesquisados nos supermercados do município passou a custar R$ 255,52, valor R$ 7,86 mais elevado que o registrado no mês de abril. O setor de carnes foi o mais afetado, com aumento percentual de 6%, seguido pelos produtos de limpeza com reajuste de 2,89%.

Dezoito dos 34 produtos pesquisados ficaram mais caros, 13 diminuíram de preço e três se mantiveram iguais no comparativo com abril. O quilo da cebola acompanhou a progressão de preços da cesta básica no quadrimestre, fechando maio em R$ 4,51, valor 8,15% mais alto que no mês anterior. O café, que teve alta de 7% em abril, voltou a subir em maio (10,2%), passando de R$ 10,48 a R$ 11,55. Além do café, a carne de frango também ficou 12,48% mais cara, mantendo o ritmo de reajuste da pesquisa anterior.

Os produtos do setor de mercearia tiveram uma redução média de 1,58%. A diminuição mais expressiva incidiu sobre o preço do feijão que ficou 20,30% mais barato, alcançando o preço médio de R$ 5,69. O sal refinado também ficou mais barato (R$ 1,39), valor 10,32% mais baixo que o registrado no mês anterior. Já o quilo da farinha de trigo subiu, em média, 5,6%, fechando em R$ 2,79.

Contrariando a queda registrada no mês anterior, o preço da paleta bovina alcançou a média de R$ 16,33, preço 13,48% mais elevado que o de abril. Já o coxão de dentro subiu para R$ 27,59, registrando aumento de 7,81%. Outros cortes também aumentaram como a costela (6%) e o pernil suíno (11,88%).

Diferente de abril, quando o quilo da batata-inglesa aumentou 26,92% (R$4,62), em maio, o legume diminuiu 19,9%, fechando o mês a R$ 3,70. Em compensação, o quilo da banana-caturra, que havia diminuído 4,97% em abril, aumentou 14,46% em maio, encerrando em R$ 3,72.

Os produtos de higiene e limpeza aumentaram cerca de 2,89%. O papel higiênico subiu 10,18%, fechando maio com preço médio de R$ 7,25. O sabão em pó terminou o mês em R$ 10,36, um aumento médio de 5% em relação a abril. O creme dental seguiu o ritmo de aumento do mês anterior, fechando maio em R$ 3,52.


Saiba mais

A pesquisa da cesta básica de O Informativo do Vale é realizada mensalmente e avalia o desempenho do custo de itens de alimentação, higiene e limpeza. O levantamento foi feito na quinta-feira, 30 de maio, em três lojas de redes de supermercado de Lajeado. As marcas pesquisadas são sempre as mesmas, líderes de mercado em seus segmentos.

 

Comments

SEE ALSO ...