Geral

Professora da Univates pesquisa aplicação das normas internacionais de contabilidade

Angela Maria Haberkamp é coordenadora do curso de Gestão de Micro e Pequenas Empresas e atua como docente de Ciências Contábeis

Créditos: Assessoria de Imprensa
Angela Haberkamp leciona na Univates na área de Gestão - Lucas Wendt/Divulgação

Lajeado - A adoção das International Financial Reporting Standards (IFRS) pelas empresas brasileiras em 2010 motivaram os estudos de doutorado da professora da Universidade do Vale do Taquari - Univates Angela Maria Haberkamp. As novas normas foram responsáveis por alterações significativas na forma como as empresas realizam sua contabilidade.

A adoção das IFRS gerou dúvidas em relação a como o processo deveria ser conduzido pelos contadores nas empresas. "Mesmo tendo como pano de fundo a contabilidade, tive a intenção de fazer um estudo que não estivesse relacionado aos aspectos técnicos da adoção da norma, mas sim a como essa norma é interpretada e aplicada pelos contadores", conta ela. A tese  foi desenvolvida analisando as variáveis que influenciam o julgamento e a tomada de decisão (identificadas aqui como "JDM") dos contadores no controle do imobilizado em empresas que adotam as IFRS.

A tese de Angela, intitulada "O julgamento e tomada de decisão dos contadores no processo de controle do ativo imobilizado", defendeu que variáveis ambientais e individuais influenciam o processo de JDM dos profissionais envolvidos. A professora se apoiou em duas teorias para conduzir seus estudos. "A perspectiva individual foi estudada à luz da Teoria da Racionalidade Limitada e a ambiental utilizou os pressupostos da Teoria Institucional", comenta. A pesquisa foi realizada com 28 contadores que atuam em empresas de grande porte (faturamento médio de 841 milhões anuais) que adotam as IFRS.

Os resultados

Angela confirmou os argumentos que defendia. Os resultados aos quais chegou mostraram que tanto as variáveis individuais quanto as ambientais têm a capacidade de influenciar o JDM dos contadores. No que se refere às variáveis individuais, os facilitadores de decisão, o excesso de variáveis a serem analisadas conjuntamente e as limitações de tempo são os preponderantes.

Dentre as variáveis ambientais, destacam-se a legislação, a auditoria, os detentores de capital, os gestores e as entidades regulamentadoras. A professora explica: "Foi constatado ainda que as variáveis individuais influenciam com maior intensidade o JDM dos contadores nas decisões operacionais, enquanto as ambientais influenciam mais o JDM nas decisões relacionadas à gestão do imobilizado; e que há eventos em que variáveis individuais e ambientais influenciam o JDM dos contadores de forma conjunta. Quando isso ocorre, as ambientais são determinantes da decisão".

Ao estudar as International Financial Reporting Standards (IFRS), a docente também descobriu que parte expressiva das empresas não adotam as normas  integralmente. "Em quase metade das empresas nas quais os contadores entrevistados atuam, a adoção da norma é parcial. Isso ocorre pelo desconhecimento da norma por parte do contador, ou porque ele não considera importante atender a todos os aspectos. E existe ainda pressão por parte dos gestores e proprietários para que a norma não seja atendida de forma integral", revela. A tese foi defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, no primeiro semestre de 2018.

Ciências Contábeis é um dos cursos que recebe prova agendada

A Univates está com inscrições abertas para ingresso nos cursos presenciais e na modalidade a distância. Interessados em acessar uma vaga podem agendar sua prova de redação ou solicitar ingresso via nota da redação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) dos anos de 2009 a 2017. O procedimento deve ser feito pelo site univates.br/vestibular.

A prova agendada será aplicada em todos os Polos da Univates (Polo matriz de Lajeado, Arroio do Meio, Arvorezinha, Bom Retiro do Sul, Carlos Barbosa, Guaporé, Encantado, Estrela, Serafina Corrêa, Soledade, Taquari, Teutônia, Triunfo, Veranópolis e Venâncio Aires). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 0800 7 07 08 09

Comentários

VEJA TAMBÉM...