Geral

Reunião culmina com encaminhamento de projeto para Ministério Público do Trabalho


- Prefeitura Municipal de Lajeado

O projeto do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), junto do orçamento para sua construção, será encaminhado para análise do Ministério Público do Trabalho (MPT). A novidade decorreu do encontro realizado por lideranças regionais, ainda na segunda-feira (17/09), na sede do MPT em Santa Cruz do Sul, onde o grupo discutiu a melhor forma de viabilizar a construção do centro integrado. O objetivo é conquistar recursos federais, por meio do MPT, para empregar na obra do CICCR. Conforme o secretário de Segurança Pública (Sesp) de Lajeado, Paulo Locatelli, a comitiva foi recebida pelo procurador do Trabalho do MPT em Santa Cruz do Sul, Márcio Dutra da Costa, que dará os devidos encaminhamentos para que o projeto seja analisado.

Caso os recursos sejam destinados pelo MPT, o repasse será feito por intermédio da Alsepro, que aplicará o valor na construção do CICCR. "Não estamos trabalhando com prazos. O que mais importa é conquistar recursos federais para constuir o centro integrado", destaca Locatelli. Agendada para ocorrer no dia 27/09, no salão de eventos da Prefeitura de Lajeado, às 14, a próxima reunião da AMVAT terá como uma das pautas o CICCR. "Será um momento para os prefeitos da região tomarem ciência das possibilidades de melhoria na segurança pública do Vale do Taquari por meio do centro integrado", destaca Locatelli.

Além do procurador Márcio Dutra da Costa e do titular da Sesp, Paulo Locatelli, a reunião no MPT contou com a participação do prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, do delegado de polícia regional Miguel Mendes Ribeiro, do inspetor chefe da 4ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Lajeado, Paulo Reni da Silva, do comandante do CRPO Vale do Taquari, coronel Ricardo Hoffmann, do comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar da BM, tenente coronel Luis Gonçalves Maia, do presidente da Alsepro, Antônio Scussel e do promotor de justiça, Carlos Augusto Fiorioli.

Comments

SEE ALSO ...