Geral

Saúde projeta vacinar 103 mil pessoas contra a gripe na região

Postos de saúde do Vale do Taquari estarão abertos neste sábado para atender ao público

Créditos: Da Redação
IMUNIZAÇÃO: postos de saúde abrirão das 8h às 17h para vacinação - Lidiane Mallmann

Vale do Taquari - A 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) que se estende até 31 de maio, terá neste sábado (4), a sua mobilização nacional, o chamado Dia "D". Desta forma, os 37 municípios atendidos pela 16ª Coordenadoria Regional de Saúde estarão com seus postos de vacinação abertos para atender o público.
No país, a meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a vacinação, imunizando mais de 60 milhões de pessoas. Segundo a farmacêutica e coordenadora dos setor das imunizações, Thaís Weber Kraemer, a estimativa populacional para a regional é de vacinar aproximadamente 103 mil pessoas. Ela ressalta ainda que as doses serão disponibilizadas conforme a estimativa populacional citada. A vacinação tem como objetivos reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo, além de atualizar a situação vacinal de crianças e gestantes.
Em Lajeado, todos os postos de saúde do município estarão abertos das 8h às 12h para imunização. Além da vacinação, as unidades de saúde prestarão atendimentos de rotina, previamente agendados, priorizando a população que não consegue acessar o serviço durante a semana. Dessa forma, durante e manhã, serão realizadas consultas, testagem rápida, exames de pré-câncer, atendimento odontológico, entre outros.
Localizados em pontos estratégicos da cidade, os postos de saúde dos Bairros Montanha, Olarias, São Cristóvão, Centro e Santo Antônio estarão abertos das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. A parte da tarde será apenas de vacinação para a gripe.
Já em Estrela, a imunização será realizada unicamente na Unidade Básica de Saúde Central, localizada na Rua Coronel Brito, nº 1.058, Bairro Oriental, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. A equipe que presta o serviço será reforçada, para evitar filas.
A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A ocorrência de casos da influenza varia de leve a grave e pode levar até a óbito. Hospitalização e morte ocorrem principalmente entre os grupos de alto risco. Em todo o mundo, estima-se que estas epidemias anuais resultem em cerca de 3 a 5 milhões de casos de doença grave e de cerca de 290 mil a 650 mil mortes.
A complicação da influenza que mais frequentemente leva à hospitalização e à morte é pneumonia, que pode ser causada pelo próprio vírus ou por infecção bacteriana.
Ainda, a influenza causa exacerbação (piora) de doenças crônicas cardiovasculares, pulmonares, metabólicas (particularmente diabetes), pode desencadear infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC) e outras doenças.
Em relação às gestantes, o risco de complicações é muito alto. A vacinação além de protegê-las também protege o feto e o recém-nascido.
As puérperas apresentam risco semelhante ou maior que as gestantes de ter complicações em decorrência da influenza.

 
Quem deve se vacinar?
Público alvo da Campanha 2019:
* Crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias)
* Gestantes
* Puérperas (todas as mulheres no período até 45 dias após o parto)
* Trabalhadores da Saúde
* Professores (das escolas públicas e privadas)
* Povos indígenas
* Indivíduos com 60 anos ou mais de idade
* Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas
* População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional
* Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
* Policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas


Quais os documentos a serem levados?

Para receber a dose da vacina, é importante levar:

Cartão/Caderneta de vacinação
Documento de identificação
ATENÇÃO:

* Pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais
Apresentar, também, além dos documentos acima, prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina
Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a dose, sem necessidade de prescrição médica

* Professores
Apresentar, também, além dos documentos acima: contracheque ou crachá ou outro documento que comprove o vínculo

* Puérperas (todas as mulheres no período até 45 dias após o parto):
- Apresentar, também, além dos documentos acima, documento que comprove a gestação (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, entre outros)

* Trabalhadores de Saúde: Apresentar, também, além dos documentos acima, documento que comprove o vínculo

* Policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas: Apresentar, também, além dos documentos acima, documento comprobatório que informa a condição de policial militar ou civil na ativa.


Medidas gerais de prevenção:

Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento
Utilizar lenço descartável para higiene nasal
Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir
Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca
Higienizar as mãos após tossir ou espirrar
Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
Manter os ambientes bem ventilados
Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.
Evitar sair de casa em período de transmissão da doença
Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados)
Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos
Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre
Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas).

Comments

SEE ALSO ...