Geral

Semana da Água encerra com coleta de eletrônicos

De quarta-feira a sábado, foram realizadas diversas atividades com crianças e jovens da rede de ensino de Estrela


Equipes da Secretaria de Saúde, Sala Verde Manoel Ribeiro Pontes Filho, Recilux e Lions Clube se reuniram no calçadão no sábado - Caroline Garske

A Semana da Água de Estrela foi encerrada na manhã de sábado com o Dia D para descarte de lâmpadas, eletrônicos e medicamentos. As equipes da Secretaria Municipal de Saúde, da Sala Verde Manoel Ribeiro Pontes Filho, do Lions Clube e da empresa Recilux se reuniram no calçadão da Rua Fernando Abott entre 8h e 11h30min para o recolhimento dos materiais que não podem ser dispensados na natureza.

A coordenadora da Sala Verde, Regiane Mallmann, conta que entre quarta e sábado foram realizadas diversas atividades, principalmente com foco nas ações educativas com as crianças e adolescentes da rede de ensino. "No dia 2 realizamos a atividade sobre o reaproveitamento da água, com uma palestra para jovens levando essa questão de como eles podem reutilizar em casa, fazendo uso de cisternas ou algum outro tipo de economia de água", detalha.

Depois, foram realizadas atividades lúdicas de formação e de educação a respeito da água com os agentes mirins da educação ambiental. "É um projeto permanente da Sala Verde, no qual a gente recebe mensalmente turmas para atividades ambientais", explica a educadora Erotildes Sulzbach.

Já na sexta-feira, Regiane conta que, em parceria com a Corsan, a equipe foi até duas escolas a fim de atingir alunos de diversas faixas etárias e de diversas entidades educacionais. "Na ocasião, a Corsan falou um pouco do tratamento da água em Estrela, que é de poços artesianos, como ela é tratada e sobre a importância da economia."

Consciência ambiental

Os produtores rurais José Eri (67) e Iria Maria Schneider (62), moradores da Linha São Luiz ouviram no rádio o anúncio de que o recolhimento ocorreria e resolveram ir até o calçadão levando algumas lâmpadas. "A gente não tem outro destino para dar, não podemos colocar no lixo", diz Iria Maria. José conta que ano passado eles já fizeram o descarte na mesma ocasião e já pensa na outra oportunidade. "Na próxima talvez eu traga uma televisão velha", comenta o produtor.

No Dia D, com a apresentação do CPF, cada pessoa poderia doar cinco lâmpadas. "A semana toda teve como objetivo integrar as atividades para que o meio ambiente se torne cada vez melhor", completa a coordenadora da Sala Verde, Regiane Mallmann.

Regiane Mallmann e Erotildes Sulzbach falam sobre as atividades que foram realizadas pela Sala Verde

Os produtores José Eri Schneider e Iria Maria Schneider aproveitaram o sábado para descartar lâmpadas

 

Comments

SEE ALSO ...