Geral

Sinduscom VT assina convenção coletiva com sindicatos laborais de Lajeado e Teutônia

Confira pisos salariais por categoria

Créditos: Da Redação
- divulgação

Vale do Taquari - O Sindicato das Indústrias da Construção, Mobiliário, Marcenarias, Olarias e Cerâmicas para a Construção, Artefatos e Produtos de Cimento e Concreto Pré-Misturados do Vale do Taquari (Sinduscom-VT) e os sindicatos laborais de Lajeado e Teutônia finalizaram as negociações da convenção coletiva de 2019. Assim, foi firmado o reajuste de 5,5% sobre os salários-base de maio de 2018 para os municípios da região do Vale do Taquari.

Pisos salariais por categoria:

Mobiliário, Marcenarias e Esquadrias

Contrato de experiência (60 d) = R$ 1.322,20 p/mês ou R$ 6,01 p/hora

Após contrato de experiência = R$ 1.364,00 p/mês ou R$ 6,20 p/hora

Profissionais = R$ 1.526,80 p/mês ou R$ 6,94 p/hora

(Assim considerados: serrador de madeiras, lixador, lustrador, montador e pintor de móveis)

Marceneiro / esquadrieiro = R$ 1.933,80 p/mês ou R$ 8,79 p/hora

Aos "aprendizes" referidos pelo Decreto nº 5.598, de 1º/12/2005 (D.O.U. 02/12/2005), um piso/hora de R$ 5,16 por hora (R$ 1.135,20 p/mês)

 
Construção Civil e Similares

Servente = R$ 1293,60 p/mês ou R$ 5,88 p/hora

Oficiais = R$ 1.731,40 p/mês ou R$ 7,87 p/hora

(Assim considerados: pedreiros, ferreiros, carpinteiros, pintores, azulejistas, gesseiros ou assemelhados, colocadores de basalto, parqueteiros, pastilheiros, marmoristas, oficiais eletricistas e oficiais hidráulicos)

Aos "aprendizes" referidos pelo Decreto nº 5.598, de 1º/12/2005 (D.O.U. 02/12/2005), um piso/hora de R$ 5,16 por hora (R$ 1.135,20 p/mês)

 


Olarias e Cerâmicas para Construção

Servente = R$ 1.293,60 p/mês ou R$ 5,88 p/hora

Profissionais = R$ 1.731,40 p/mês ou R$ 7,87 p/hora

(Assim considerados: mecânicos, eletricistas, operadores de máquinas automotoras (trator, pá-carregadeira e similares) e o responsável pelo cozimento (queimador) e secagem).

Comments

SEE ALSO ...