Geral

Suinofest 2019 encerra com recorde de visitantes

Mais de 40 mil pessoas prestigiaram os dois finais de semana da feira em Encantado

Créditos: Cristiano Duarte
- Cristiano Duarte

ENCANTADO | Com o calor que fez nesse fim de semana, a tradição italiana pelo vinho foi substituída pela cerveja no Salão Gastronômico da Suinofest. A temperatura próxima dos 30ºC levou mais de 15 mil pessoas para aproveitarem os últimos momentos do evento, no Parque João Batista Marchese.

"Adoro um bom vinho, mas o clima está quente. Hoje a pedida é um chope com este calor", conta o aposentado Canisio Paulo (64) com um copo na mão.

Segundo Alex Possamai (29), cervejeiro da Salva, o consumo diário nesse último fim de semana ficou em uma média de 4 mil litros. "Nas outras edições, saiu mais vinho. Mas o calor fora de época fez com que a gente não parasse um minuto servindo chope aos visitantes", conta Possamai.

Aos motoristas da rodada, restou apreciar os sucos de uva. Foi o caso do mecânico André Felipe (35), que veio pela quinta vez consecutiva de Santa Cruz do Sul ao evento junto de sua esposa, a bancária Gabriela Benck (33). "Na primeira vez que viemos, foi pela curiosidade. Ouvimos falar muito bem do Salão Gastronômico. Fomos muito bem atendidos e gostamos da comida. O porquinho com filé vale a viagem. Vim dirigindo para minha esposa beber à vontade", brinca o mecânico. "Hoje pude aproveitar o moscatel", completa a bancária.


Sucesso

Estima-se que nos dois finais de semana de evento, cerca de 40 mil pessoas prestigiaram a feira. Deste total de público, 11 caravanas de diversas cidades, incluindo Florianópolis, aproveitaram a maior feira gastronômica da região - somando mais de 2,1 mil pessoas de fora do Vale do Taquari, número que representa um aumento de 40% de turistas em relação ao ano passado, quando 1,5 mil pessoas de coletivos buscaram conhecer a feira.

"O calor ajudou a trazer um público maior do que em outras edições. Nossa preocupação sempre é com a qualidade do atendimento, pois é isso que faz com que as pessoas retornem nas próximas Suinofest", conta o presidente da feira, Rafael Fontana.

Promotora do evento, a Associação Comercial e Industrial de Encantado (Aci-e), que comemora 80 anos em 2019, celebra o sucesso da feira que tornou-se estadual. "Nossa proposta sempre foi o desenvolvimento local e social. Ao trazermos pessoas de fora da região para o Vale, fazemos com que elas conheçam nossas belezas e nossos potenciais econômicos", enfatiza a presidente da Aci-e, Renata Gagliotto.

Presente desde a primeira feira, em 1995, quando então era prefeito de Encantado, Adroaldo Conzatti salienta como a Suinofest expandiu-se no decorrer dos anos e como evoluiu enquanto feira. "A Suinofest surgiu naquela época com a polêmica de que a carne de porco não fazia bem à saúde. Quebramos este tabu e provamos que estavam errados. Desde a primeira edição foi um sucesso e, de lá para cá, a cada ano tem novidades e avanços que divulgam nossa cidade de Encantado e região", diz.


O favorito

O filé com bacon no estande da Dália foi a principal pedida dos visitantes no Salão Gastronômico. A iguaria foi unanimidade no gosto do público.

"É o que mais sai. Posso afirmar isso porque participo em todos os anos", diz o assador da Dália, Jesus Osmar.

O pernil de porco também foi uma das grandes pedidas da feira. O aposentado Felício Antônio (63) veio de Santa Cruz do Sul, pela primeira vez, para conhecer a Suinofest. "Ouvi muitos elogios sobre o evento. Vim conferir, pois adoro a comida italiana. Posso afirmar que valeu a pena a experiência".

Há também quem preferiu os doces. Da goiabada com pimenta, passando pelo chocolate e ao sorvete, a aposentada Anita Somenzi (72) degustou outras iguarias da feira. "Gosto muito de um docinho. Aproveitei bastante. E não pude deixar de curtir um chope", comenta.


Negócio fechado

Também teve quem voltou para casa de carro novo. O empresário Fernando Radaelli (47), da Fernando Multimarcas, conta que a feira serve mais para que as pessoas conheçam os veículos e que os negócios acabem sendo feitos depois. Mas desta vez, uma família de Muçum saiu com uma caminhonete Montana diretamente da feira. "Eles estavam em busca de um veículo zero. Aí vieram até nosso estande, gostaram do nosso usado modelo 2015, viram que estava em perfeitas condições e perceberam que valia mais a pena", conta.

Depois de degustar as delícias do Salão Gastronômico, a aposentada Ilce Silveira (70) passou por alguns dos veículos de Fernando para olhar e testar alguns modelos. "A feira oferece isso também. A gente pode sonhar", explica a aposentada.

 



Comments

SEE ALSO ...