Geral

Suporte da Administração Municipal viabiliza investimentos recorrentes em propriedade

Família da Linha Barra das Contas bate metas de produção atendendo quFamília da Linha Barra das Contas bate metas de produção atendendo quase toda Regiãoase toda Região

Créditos: Assessoria de Imprensa de Muçum
SILOS: agricultor afirma não ter medo de investir, além de contar com o suporte do Poder Público - Luís Gustavo Bettinelli

Muçum - O agricultor Sérgio Marcolin (57) e seus dois filhos, Jonas e Gustavo Marcolin, de 24 e 22 anos, respectivamente, não param de investir. Depois de instalarem dois silos secadores de grãos, um com sistema de ar frio e outro ar quente, que hoje possuem a capacidade para armazenar até 10 mil sacos e capacidade para secar mais de 1,2 mil sacos por dia, os agricultores agregaram ao negócio com a recente compra de uma balança para a pesagem. Marcolin conta que a aquisição ocorreu em setembro passado, na Expointer. Em dezembro, o equipamento que, segundo ele, é de última geração por armazenar precisamente todos dados do processo, foi instalado em sua propriedade.


Sua história ligada ao campo, iniciou após se aposentar no ramo imobiliário, para tornar-se agricultor. À época, a atividade era um passatempo, ou uma "brincadeira", como ele mesmo define. Hoje, sua agroindústria familiar atende praticamente todo Vale do Taquari e regiões da Serra Gaúcha, alcançando o objetivo de produção de um ano, em apenas dois meses. "Já atingi a meta de 20 mil sacos de milho", afirma.


Embora não esconda a satisfação no olhar, ele lembra que o começo foi de algumas dificuldades, o que fez a família procurar assistência da Administração Municipal e a Emater/ASCAR _ RS de Muçum. O técnico da Emater, Jairo Bellini, foi quem lhe propôs a iniciativa, em meados de 2016. Prontamente, o agricultor procurou formas de pôr em prática a sugestão. "Com um silo passamos a agregar mais valor à produção de Muçum. Os produtores deixam de pagar frete para levar o produto a secagens em outros municípios e são incentivados a produzir mais", explica Belini.


Quando questionado sobre o suporte da Administração Municipal, Marcolin não hesita em agradecer aos membros do Poder Executivo, que, para ele, desde o começo, lhe devotaram atenção e acreditaram no objetivo. "Me ajudaram com toda terraplanagem do terreno e sempre me atendem prontamente, seja para a melhora de algum acesso ou realização de algum outro serviço".


Enquanto a família pretende continuar a investir com a compra de novos equipamentos e até veículos para transporte, o prefeito, Lourival de Seixas, acredita que o setor agrícola da Princesa das Pontes está em um caminho próspero, estimando um crescimento de 40%, muito por conta da coragem como a de Marcolin e seus filhos. " Esta família é um exemplo de ousadia e superação, dentre muitas. As pessoas estão acreditando cada vez mais no potencial de Muçum e trabalhamos para que tenham essa tranquilidade. Jamais deixamos de estender a mão a quem pretende crescer e consequentemente levar o município junto".

Comments

SEE ALSO ...