Geral

Tamanduá é novo destino turístico

Iniciativas atraem visitantes fomentando a economia da localidade no interior de Marques de Souza

Créditos: Alício de Assunção
Atrativo: Centro Ecológico Pedra d?Mim permite contato com a natureza mediante agendamento - Alício de Assunção

Marques de Souza - Acostumados a movimentação de caminhões que transportam rações para aviários ou carroças tracionadas por animais, moradores da bucólica localidade de Tamanduá, que tem cerca de 600 habitantes, deparam-se com um novo cenário a partir de iniciativas ligadas ao turismo rural. Localizada às margens da BR-386 e colonizada por imigrantes alemães e italianos a partir de 1888 e com a economia baseada na produção primária, o turismo de aventura e ecológico surge como uma nova alternativa econômica, atraindo visitantes que buscam lazer e tranquilidade em meio a uma natureza exuberante.

Entre as iniciativas estão o Caminho Autoguiado e o Centro Ecológico Pedra d'Mim. Na avaliação da proprietária do centro ecológico, Marta Verena Lucian, o empreendimento se consolida a cada ano. "O ano de 2018 foi muito bom para o Pedra d'Mim, com a realização de 34 eventos, um período de muita movimentação de pessoas, muita procura, tanto no que se refere às trilhas ecológicas, quanto às vivencias de autoconhecimento e aos trabalhos direcionados aos professores e às escolas". Também de acordo com Marta foram muitas as oportunidades de receber pessoas de diversas cidades do Estado, que buscam vivências e também em razão da natureza maravilhosa do local. "A possibilidade deste contato com mata nativa, águas puras de arroio, cachoeiras e cascata é um grande atrativo, principalmente para aquelas pessoas que vivem em grandes centros urbanos. Elas saem daqui sempre encantadas e divulgando com entusiasmo o que viram, viveram e sentiram", comenta.

Os reflexos já se fazem sentir também na comunidade. A população está cada vez mais participativa e consciente do potencial que representa o turismo rural para Tamanduá. São muitos os grupos que têm vindo fazer o Caminho Autoguiado e muitos deles depois retornam ao Pedra d'Mim ou até aliam os dois num mesmo dia, como aconteceu nesta semana. "Esta soma de possibilidades acaba também trazendo outras participações como é o caso da comunidade católica, que tem se prontificado a preparar refeições para os grupos que aqui chegam, trazendo também esta movimentação econômica, juntamente com o comércio e os prestadores de serviços que acabam sendo beneficiados com as demandas", avalia Marta.

No caminho certo

"Para esse ano, a meta é ampliar os serviços e instalações para que se possa receber mais pessoas. Nossa localidade tem sido reconhecida como local de refúgio para caminhantes e buscadores de paz, tranquilidade e harmonia, sempre com pitadas de aventura e muita alegria. Acho que estamos no caminho certo. Precisamos seguir. As pessoas estão em busca de locais de contemplação e harmonia e nós temos uma natureza privilegiada a oferecer", avalia projeta Marta.

Caminhadas

Berço do projeto de caminhadas Passeios na Colônia, consolidado na região, a localidade disponibiliza 13 quilômetros de trajeto para caminhantes que são orientados por placas indicativas e que pode ser percorrido em qualquer dia da semana. Diariamente caminhantes fazem o percurso do Caminho Autoguiado de Tamanduá. Nessa semana, grupos vindos de Alagoas e Porto Alegre transitaram pelo local. Em função disso até uma pequena pousada surgiu na localidade. Amturvales, Emater-Rs-Ascar, prefeitura e iniciativa privada estão entre os apoiadores.

Impressões de um visitante

Empreendedor e guia de turismo na localidade de Vila Evangelista, em Casca, Marciano Giuriatti visitou Tamanduá pela primeira vez nessa semana. "Estou impressionado com essa localidade que ainda conserva traços arquitetônicos das colonizações alemã e italiana, como as igrejas luterana e católica. Também chama a atenção uma ferraria, onde Nadir Agostini confecciona instrumentos de trabalho rudimentares. Um arroio com águas cristalinas que desce das montanhas e percorre o trajeto do caminho autoguiado que é muito bem sinalizado, o Centro Ecológico Pedra D'Mim, um local fantástico para curtir a natureza, enfim Tamanduá me encantou também pela sua gente simples", afirma.

Comments

SEE ALSO ...