Geral

Tema do Vestibular de Inverno da Univates aborda produção cultural

Cerca de 150 candidatos fizeram a prova única de redação neste domingo

Créditos: Cristiano Duarte
O que define a qualidade de uma produção cultural foi o tema da prova única de redação dos vestibulandos - Cristiano Duarte

LAJEADO | Foi em meios aos livros do Harry Potter, da escritora J.K Rowling, que a estudante Renata Bassegio (17) despertou a vocação para o curso de Letras. A vontade de ser professora de inglês vem sendo desenvolvida nos cursos que faz em Coqueiro Baixo, depois das aulas na Escola Donato Caumo.

"Gosto muito de ler. Faço curso de inglês desde cedo. Isso vai fazer diferença na minha profissão", conta ela.

Renata foi uma das 150 pessoas que prestaram o Vestibular de Inverno ontem na Univates. Os candidatos puderam optar por 36 cursos de graduação para o segundo semestre letivo, com início no dia 25 de julho. Os vestibulandos são oriundos de mais de 80 municípios de quatro estados brasileiros.

A prova única de redação foi baseada no texto "Juntos e Shallow Now mostra que gosto não se discute" do músico e palestrante Thedy Corrêa e um tweet de Fernando Oliveira (@fefito). A partir disso, os candidatos tiveram de elaborar um texto argumentativo-dissertativo para a questão "Quais são os elementos que definem a qualidade de uma produção cultural?".

Estudando diariamente para o vestibular desde o início do ano, a estudante Luiane Udovic (16) ainda estava um pouco nervoso antes da prova. Com o sonho de ser juíza, a vocação para o Direito veio cedo. "Sempre quis ser advogada. Gosto de tudo que se relaciona com a Justiça. Estou sempre lendo sobre o tema", conta. A escolha de Luiane foi o curso mais procurado - seguido de Enfermagem, Psicologia e Odontologia.

Vindo de Santa Cruz do Sul, o estudante Guilherme Lucas (17) quer ser engenheiro mecânico. A escolha pela Univates foi por saber que a instituição é uma das melhores em Ensino Superior do país. "Pesquisei muito e vi que perto de minha cidade temos uma das melhores. Sei que aqui terei uma boa formação", diz o estudante.

Segundo o secretário de processos seletivos da Univates, uma média de 200 alunos ingressam na faculdade no período de inverno. Número menor do que no fim do ano, quando cerca de 500 matrículas são feitas. "Aqueles alunos que já fizeram vestibular em outros anos, mas não fizeram matrícula, também podem aproveitar. Notas do Enem também funcionam no ingresso à Universidade", salienta.

Uma novidade desta edição de inverno foi a apresentação da Central de Carreiras. Os profissionais esclareceram dúvidas sobre Plataforma de Carreira, possibilidades de estágios durante o curso e o trabalho realizado com os estudantes e diplomados da Instituição com relação ao desenvolvimento de carreira e avaliações de perfil pessoal e profissional. Também puderam ser realizados testes vocacionais e de personalidade.

As matrículas puderam ser realizadas após a prova e ocorrem também na amanhã e quarta-feira, de forma presencial, nos horários das 8h às 11h30min e das 13h30min às 21h, no Atendimento ao Aluno, no Prédio 9.

Comments

SEE ALSO ...