Geral

Vacinação contra gripe deve levar 3,7 milhões a postos de saúde no RS

Inicialmente imunização focará em crianças e gestantes


- Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Rio Grande do Sul - A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começou nesta quarta-feira (10). O lançamento oficial ocorreu em Porto Alegre, com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, acompanhado do governador Eduardo Leite e do prefeito da capital, Nelson Marchezan Júnior.

Em um primeiro momento, até 18 de abril, a imunização focará crianças (maiores de seis meses e menores de seis anos) e gestantes (de qualquer período de gravidez) - grupos mais vulneráveis às complicações causadas pela influenza. Uma das novidades deste ano é a ampliação da faixa etária do público-infantil, de até cinco anos para até menores de seis anos.

Em todo o país, o Ministério da Saúde pretende vacinar 58,6 milhões de pessoas até 31 de maio e, para isso, enviou 63,7 milhões de doses de vacinas aos estados. No RS, mais de 3,7 milhões de pessoas estão elegíveis para a campanha. Os demais grupos prioritários (veja abaixo) poderão se vacinar a partir de 22 de abril.

"Vacinar é um direito das crianças e um dever dos pais e responsáveis", afirmou o ministro. Mandetta também reforçou o Movimento Vacina Brasil, lançado na terça-feira (9), em Brasília. A iniciativa do governo federal quer reverter o quadro de queda das coberturas vacinais no país nos últimos anos. O movimento será difundido ao longo do ano, reunindo uma série de ações integradas entre órgãos públicos e empresas, para conscientizar a população sobre a importância da vacinação. Além disso, gestantes e crianças poderão atualizar as vacinas previstas na Caderneta de Vacinação.

Comments

SEE ALSO ...