Grêmio

Derrotado na Libertadores, Grêmio vai pressionado para o Gre-Nal de domingo

Após perder o jogo contra os paraguaios do Libertad, a equipe tricolor foi vaiada pela primeira vez em 2019

Créditos: da redação
FATO ISOLADO: segundo Renato Portaluppi, o desempenho ruim do Grêmio foi fruto de uma noite atípica - Lucas Uebel/Grêmio/divulgação

Porto Alegre - A trágica derrota contra o Libertad, em casa, na noite de quarta-feira, pela Copa Libertadores da América, acendeu a luz de alerta no CT Luiz Carvalho. Com apenas um ponto conquistado em dois jogos, o Grêmio está, cada vez mais, se complicando no grupo H da competição continental. Com isso, a equipe do treinador Renato Portaluppi jogará pressionada contra o Internacional, pois nos jogos importantes, o elenco mostrou um futebol muito aquém de outras rodadas.


Apesar de estar com quatro pontos de vantagem sobre o Colorado na tabela do Campeonato Gaúcho, o Tricolor entrará pressionado no Gre-Nal de domingo. Entre outros motivos, pois o jogo será em sua Arena, com o apoio de sua torcida. Além disso, jogadores como Luan, Vizeu e Everton precisam dar uma resposta diante da partida de quarta-feira contra o Libertad.


Primeiras vaias do ano


Após perder o jogo contra os paraguaios do Libertad, a equipe tricolor foi vaiada pela primeira vez em 2019 e também depois de algum tempo em ótima fase. A grande sucessão de erros, tanto de passe, como no ataque e defesa, algo incomum no time de Renato Portaluppi, fez com que a torcida, após o final do jogo que terminou 1 a 0 para o adversário, cobrisse os jogadores de vaias.

Comments

SEE ALSO ...