Grêmio

Grêmio joga contra adversário em duas frentes

Tricolor enfrenta o vice-líder, o Flamengo

Créditos: Da redação
Treinador gremista evita falar sobre negociações e diz que seu foco é no G-4 - Lucas Uebel/Grêmio/divugação

Rio de Janeiro - Com o triunfo sobre a Chapecoense na última rodada, em casa, o Grêmio viajou até o Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo. Buscando se manter no G-4 e conquistar a vaga direta para a fase de grupos da Copa Libertadores da América, a equipe enfrenta o vice-líder, que precisa vencer para manter vivo o sonho do título. No entanto, além da disputa dentro de campo, os times e diretorias mantém outra batalha, essa fora das quatro linhas. Desde o ano passado, o treinador Renato Portaluppi foi apontado como o nome ideal pela diretoria do time carioca para assumir o grupo flamenguista, mas o comandante resolveu se manter em Porto Alegre por mais uma temporada.

Depois da eliminação do Tricolor da Copa Libertadores 2018, já foram iniciadas as especulações em relação a mudança do técnico para as praias cariocas. O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, iniciou negociações com o profissional, no entanto, ainda não há definição nem acerto entre as partes. E o jogo entre as equipes pode ajudar o técnico a tomar sua decisão, pois após a partida desta quarta-feira (21), ele e os jogadores ficarão no Rio de Janeiro até sábado, para quando está marcado o embarque para Salvador, para a partida contra o Vitória, no domingo.

Com 62 pontos, empatados com o São Paulo, os tricolores precisam da vitória para conseguirem se manter no G-4 dependendo somente de si. Mas o Flamengo, único clube que ainda está na luta com o Palmeiras pelo título, contará com o apoio de sua torcida, o que pode dificultar a vida dos gaúchos.

Comentários

VEJA TAMBÉM...