Grêmio

Para sair do atoleiro

Na zona de rebaixamento e precisando da vitória, Grêmio visita o Bahia de Roger Machado

Créditos: Guilherme Rossini
Em recuperação, Felipe Vizeu é a esperança de gols do Tricolor na noite de hoje em Salvador - Lucas Uebel/Grêmio/divulgação

SALVADOR | As vitórias no Campeonato Brasileiro contra Atlético-MG, e na Copa do Brasil, frente ao Juventude, foram os primeiros resultados dos que o treinador Renato Portaluppi vem prometendo há algumas rodadas. O comandante enfatiza que sua equipe ainda irá decolar no Brasileirão, no entanto, a verdade é que o Tricolor ainda não saiu do atoleiro, que corresponde à zona de rebaixamento. Sendo assim, o time gaúcho terá a oportunidade, fora de casa, de vencer o Bahia, treinado por Roger Machado, e sair da zona de rebaixamento. 
Vivendo um momento em que precisa continuar se recuperando, o Grêmio tem cinco pontos em seis jogos, ocupando a 18ª colocação no Campeonato Brasileiro. Já o Bahia, que também se classificou às quartas de final da Copa do Brasil, eliminando o gigante São Paulo, vem embalado no Brasileirão, ocupando a oitava colocação, com dez pontos, apenas dois atrás do vice-líder, Atlético-MG.
Com Vizeu em boa fase e Renato Portaluppi confiante para os três últimos jogos antes da parada para a Copa América, o Grêmio enfrenta o Bahia hoje, às 19h, no Estádio de Pituaçu, em Salvador. 
Desfalcado

O grande problema do Tricolor para a partida de hoje são os desfalques, que entre lesionados e convocados para suas seleções, são seis atletas titulares que o Grêmio não poderá contar, provavelmente, até o retorno da temporada após a Copa América. Lesionados, Kannemann, Cortez, Alisson e Luan não jogam, além de Matheus Henrique e Everton, convocados para a seleção brasileira sub-23 e profissional, respectivamente.

Comments

SEE ALSO ...